Como eu aceitei a minha depressão ansiosa!

Eae manaaaas, tudo bem? Vou contar mais um pouco sobre mim… Não é nem um pouco fácil aceitar que precisa de ajuda, ainda mais quando muitas pessoas ainda vê a depressão como frescura e não como uma doença, falam que é fase, falta de Deus, fraqueza e muitas outras desculpas, quando se tem apenas 20 anos, ou menos, é quando mais falam que é frescura, que ainda nem vivemos muito e já estamos tendo crises, a maioria nem sabe o que passa na nossa vida e já quer julgar.

Eu não queria aceitar que tinha algum problema, eu levei anos, eu achava normal deitar e não dormir mesmo com muito sono, porque a noite é quando a depressão mais se faz presente, ela não tem horário pra se manifestar, mas é que quando deitamos tudo vem na nossa cabeça, ela vem e te faz analisar cada momento do dia, te faz se julgar, te lembra de todos os erros, todos os problemas, te faz ter medo de tudo, por mais que você tente pensar em coisas boas, ela estraga tudo, não temos controle da nossa própria cabeça e isso é horrível, é muito frustrante, quando se para e olha a hora já são 3, ou 4 da madrugada e nada de conseguir dormir.

O Pedro e a Jujuba foram muito importantes nessa minha auto aceitação, quando eu conheci ele eu estava passando por momentos difíceis e esses momentos ainda não acabaram, a Jujuba já sabia deles e me dava conselhos maravilhosos mesmo estando longe, mas ele me ajudava muito a lidar com isso de perto, então eles foram meus guias, enquanto tentavam me convencer que não tem problema nenhum estar doente e ir se tratar, é como qualquer outra doença que precisa de remédios, o Pedro me convencia a tentar colocar tudo pra fora, me acalmava e me deixava segura, ele faz isso até hoje, todos os dias, a Jujuba me faz ver que mesmo estando longe, amizades verdadeiras nunca se acabam e mesmo na maior dificuldade ela estava ali, os dois puxaram muito a minha orelha, claro que teve mais pessoas me apoiando, mas os dois foram os que estavam sempre sabendo de tudo.

Eu comecei a ter uma crise de ansiedade atrás da outra, o Pedro tinha que me levar para o hospital, era muito ruim, a falta de ar fazia parecer que alguém estava me esmagando, o corpo todo formigando, eu não consiga falar e nem andar, eu travava, sem falar que não importava em que lugar eu estava, o medo que alguma coisa ruim ia acontecer estava ali, eu entrava em pânico. Não foi de primeira que eu acertei no médico, nem de segunda que levaram a sério, foi lá pela terceira ou quarta, foi quando uma médica conversou comigo e me falou: “Isso é tudo emocional, você precisa começar agora um tratamento, suas crises não são mais apenas de ansiedade, mas também são crises de síndrome do pânico”. Eu gelei na hora, era como se eu não estivesse mais ali, eu ouvia ela conversando com o Pedro e meu pai, mas não conseguia entender nada, fiquei pensando em como eu me deixei chegar naquele ponto.

Foi como um estralo, eu consegui ver que estava no fundo do poço, mas que tinha alguém me puxando para cima e que era eu quem estava lutando para baixo, eu senti medo, eu chorei muito voltando pra casa, o Pedro me acalmou e eu peguei no sono, mas no dia seguinte eu tive que levantar e foi tão difícil, eu comecei o tratamento depois do carnaval, remédios, consultas e terapias já fazem parte da minha rotina, não é fácil, tem dias que os remédios não adianta, a depressão como eu já falei, não tem horário, muito menos dia certo, a gente tem que se forçar todos os dias, se forçar a fazer as coisas mais simples como levantar e ir comer, ou fazer alguma coisa em casa, ela te desanima do nada, mesmo que seja sobre uma festa que faz semanas que está esperando pra ir, todo dia que eu acordo e me forço para levantar e ter um dia bom, eu percebo que vale apena lutar contra essa doença, eu me convenço que não vou deixar ela me sugar e que eu posso sim me curar e não depender mais de remédios e nem nada, desde que eu leve meu tratamento a sério e não desista, claro que os dias ruins eu não penso assim, eu tenho que ouvir de alguém que sou melhor que tudo isso, claro que o Pedro tem que me acalmar, mas no dia seguinte eu tento ainda mais!

Se você precisa de ajuda e está com medo de enfrentar isso, saiba que você nunca estará sozinha, não tenha medo de ser julgada, todo mundo uma hora ou outra precisa de ajuda, ajuda não é símbolo de fraqueza, depressão muito menos, lutar contra ela é símbolo de força, pedir ajuda é símbolo de força, seja forte e se lembre sempre que nunca estará só, eu estou torcendo por mim e por você!

Espero ter ajudado você ou que possa ajudar alguém que você conheça, compartilhem e se cuidem, com amor, Abibi e sua galáxia!

Aprendendo a ser mais forte que a sua opinião.

Talvez eu seja burra
Mereça aquela surra
Por não saber nem mais pensar
Desaprendi quando criei poema
Poesia é um dilema
Que eu não sei mais navegar
O mar é muito alto
Me desculpa eu sou baixo
Difícil de avistar
Sinto muito já é rotina
Pedindo, as preces, adrenalina
Tô vendo o barco afundar
Relaxar, tentando sempre
Me afastar dessa gente
Que me prega e quer carimbar
Como o boi que é comprado
Ou mesmo o atum enlatado
Se fosse assim eu seria do lar
Mas do lar eu não sou
Comum também não
E desrespeito não a de me faltar
Sou mulher e artista
Guerreira, proativa
E esse emprego, você não vai me tomar
Não tente, nem se atente
Pois a sua atenção, eu não quero mais
Falar não me rouca
Gritar não me cansa
Marchar é esperança
E dessa fonte eu vou tomar!
Sou mulher guerreira!

Até a próxima escrita!

-TRACA.

FANFIC: Vingadores – Filha de Tony Stark (Part.7)

Olá pessoal, tudo bem? Eu sei que demoramos pra voltar com a Fanfic, o blog está passando por umas alterações, então só agora que tudo está voltando pro seu devido lugar.

A Giovanna, está passando por uns problemas pessoais, vamos desejar força pra ela melhora e voltar pro blog. Enquanto ela fica ausente, vamos continuar postando a continuação da Fanfic, no caso a Giovanna vai continuar escrevendo e eu vou postando pra você!

Obrigada por todo o carinho, e pelos comentários.

Pra quem ainda não conhece a Fanfic é só acessar os links abaixo!

Part. 1: FANFIC: Vingadores – Filha de Tony Stark.
Part. 2: FANFIC: Vingadores – Filha de Tony Stark .
Part. 3: FANFIC: Vingadores – Filha de Tony Stark.
Part. 4: FANFIC: Vingadores – Filha de Tony Stark.
Part. 5: FANFIC: Vingadores – Filha de Tony Stark.

Part. 6: FANFIC: Vingadores – Filha de Tony Stark.

Eu espero que gostem da continuação de hoje.

Boa leitura!


FANFIC: Vingadores – Filha de Tony Stark (Part.7)

— Olá Stark, — Loki sorri abertamente, como se delicia-se com a raiva de Anthony. — quanto tempo, não é mesmo?

Me movo para o lado o que faz barulho chamando a atenção do cara com chifres.

— E quem é essa? — Loki se aproxima de mim, mas é parado por Thor. Mal percebi a sua presença, mas graças a Deus que ele está aqui. — Uma nova Vingadora?

Ele me olha de cima a baixo, Instantaneamente sinto repulsa dele.

— É, mas não se compara a nossa querida Natasha Romanoff.

Loki olha para a Viúva, e sorri. Espero que ele morra com o próprio veneno.

— Para o que ser tão hostil? Vim em paz, como podem ver. — Loki levanta as mãos, fazendo a algema faiscar. — Oh, vamos lá, não vão dizer nem um “oi” para um velho amigo? Onde está a educação?

Olho para trás encontrando os Vingadores em posição de alerta, prontos a atacar se fosse preciso. Anthony é o que mais parece estar afetado, pelo simples fato sobre eu estar na linha de fogo.

Volto a olhar para frente encontrando Loki na minha frente, o que me assusta. Como eu não escutei ele se aproximar?

O homem estende ambas as mãos na minha direção, já que estão presas, e levanta uma sobrancelha sorrindo mais.

— Sou Loki, o deus da trapaça ao seu dispor. — seguro a sua mão direita, e o homem leva aos lábios beijando suavemente as costas da minha mão. Tiro bruscamente a mão da dele, e cruzo os braços. — Ora minha querida, não precisa sentir repulsa de mim, eu sou…

E então algo inesperado acontece.

Sou empurrada para trás por Tony, que parece uma máquina soltando fumaça e soca o queixo de Loki, forte o suficiente para derrubar um homem, mas apenas faz Loki virar a cabeça.

Anthony volta para onde estava mas me puxa para trás dele, me tirando do campo de visão de Loki. Meus um metro e sessenta e oito centímetros são fácilmente escondidos.

— Opa, foi sem querer! — Loki ri, mas uma risada tão macabra que me faz agradecer por Loki não poder me ver.

Tudo nele exala perigo, faz com que os meus sentidos berrem para me afastar dele.

— Sabe Stark, Emma se parece com você. — alguns instantes depois que Loki diz isso um silêncio tenso se forma, e de repente Tony começa a tremer, e por fim explode como uma bomba.

Tony, já furioso, se joga em cima de Loki levando os dois ao chão. Stark soca repetidamente o rosto de Loki dizendo coisas incompreensíveis, mas parece grunhidos de um animal com raiva. Quando alguém tira Tony de cima de Loki, vejo que o deus esta com um pequeno sorriso mas com o rosto cortado em algumas partes.

Céus, onde está Nick Fury quando precisamos?

Olho para Thor pedindo ajuda com os olhos, mas o deus apenas olha para Loki como se quisesse dizer que ele merece isso. Realmente ele merece.

— Cala a boca se ainda quiser ter dentes. — Anthony volta a falar com aquela calma que me assusta e se liberta dos braços que o segura. — E não venha com esses truques de mágico de festinha infantil pra cima de mim, sombra de Thor.

E esse simples comentário parece ter deixado o deus da trapaça realmente irritado.

Agora sem Tony como escudo, Loki olha em meus olhos, penetrando a minha mente, literalmente.

Sinto o deus andando pela minha mente, vendo cada lembrança minha, descobrindo os meus segredos.

— O-o que você está fazendo? — a minha voz sai um sussurro, quando um dor de cabeça terrível vem.

Fecho os olhos quando sinto mãos em meus braços. É assustador sentir Loki na minha cabeça mas não poder fazer nada para tirá-lo.

Me encolho nos braços de quem quer que seja quando Loki entra em uma lembrança que eu preferiria não ter. Os últimos minutos da minha mãe viva, vomitando por causa dos remédios e delirando por causa da dor.

Deixo algumas lágrimas escaparem contra a minha vontade. A última coisa que eu gostaria é mostrar fraqueza na frente de Loki.

Volto a abrir os olhos quando sinto algo dentro da minha cabeça mudar, algo que foi plantado contra a minha vontade, mas quanto mais eu tento descobrir o que é mais parece que essa coisa foge de mim.

Volto a abrir os olhos descobrindo que quem me segura é Clint.

— Calma Stark, não vou fazer nada. — Loki diz para Tony, mas com os olhos pregados em mim.

Algo se agita em meu estômago, e o meu coração bate descompassado, mas mantenho a compostura de nojo contra Loki ignorando a reação do meu corpo.

— Você está bem? — Clint tira as mãos dos meus braços levando a cintura.

Observo que ele tem uma arma guardada ali.

— Sim. — respondo o homem, me posicionando atrás de Bruce, indo o mais longe de Loki.

Enxugo as lágrimas que caíram. Loki sorri para mim de uma forma traiçoeira. Me sinto a presa.

— Emma, sou inofensivo. — quase caio no chão, mas de susto arrancando uma risada rouca de Loki.

Ele leu os meus pensamentos? Como?

— Thor, faça-me um favor e leve esse imbecil daqui. — nunca vi Natasha usar um tom tão hostil com alguém.

Thor, ouvindo o pedido de Nat, segura Loki pela nuca e atravessa o corredor, passando bem perto de mim. Antes de Loki passar, o deus me olha de lado como se dividi-se um segredo comigo. Um segredo sujo e pervertido.

Quando os dois deuses saem do nosso campo de visão, os heróis começam uma dura discussão, mas Tony não participa, ao invés disso se aproxima de mim.

Seus olhos castanhos poderiam queimar alguém vivo se tivesse esse poder.

— Não se aproxime dele. — Tony ordena, com aquele olhar de “não brinque comigo.

— Não precisa pedir de novo.


Eu espero que a sua leitura tenha sido ótima, aproveita e faz uma maratona da Fanfic. Semana quem vem têm mais!

Beijão da Mila. Até o próximo post, gratidão!

A importância de ser você mesmo (a).

Eu sempre começo os meus posts falando: “Oi meninas”, “Oi meninas e meninos”, “Olá”… Eu também deveria começar explicando o que anda acontecendo com o blog, já que ela “anda parado e funcionando.”
Só que dessa vez, eu nem sei como começar a escrever, eu não sei como dizer isso pra vocês, eu não sei o que escrever, eu não sei quais conteúdos produzir pro blog, pro canal, pro meu livro.
Eu me perdi no meio disso tudo, me perdi no meio de mil ideias, mil sonhos, me perdi no meio das minhas amizades, me perdi no meu relacionamentos com as pessoas, especialmente meu namoro e família, pra vocês terem a noção eu me perdi até nas minhas crenças, princípios, enfim, eu me perdi como pessoa, eu perdi eu mesma, acho que é a pior coisa do mundo, principalmente quando você já se perdeu mais de a vez, já se sentiram assim?
Eu me perdi em tudo, parece que eu estou andando dentro de um labirinto e não consigo encontrar a saída. Foi quando eu percebi, que eu precisava tirar um tempo pra mim.
Sabe quando você pensa: “Eu sou foda, vou ir atrás dos meus sonhos, eu vou conseguir realizar tudo.” Se não pensou assim, já pensou em algo parecido.
Eu sempre pensei isso a vida toda, o tempo todo…, Mas na hora de colocar em prática em ir atrás do que eu quero ou queria…
Acabei me perdendo no meio do caminho, eu queria realizar tantas coisas, coloquei uma positividade imensa em mim, eu arrisco até dizer que esse ano foi o ano que eu mais fui positiva na minha vida, só que eu acabei esquecendo de mim mesma, de qual era os meus objetivos, porque eu sonhava tudo isso, eu esqueci que cada sonho tem o seu tempo pra ser conquistado. Fazia muito tempo que eu não me sentia assim, perdida sem saber o que fazer com a minha vida… Na verdade, eu sei o que fazer como elas.
Eu sei qual a faculdade dos meus sonhos, eu sei que quero estudar cinema, eu sei que eu também quero ser escritora.
Eu só me perdi no meio do caminho. Quando eu digo me perder eu literalmente perdi a cabeça, especialmente com às pessoas.
Esse ano eu quebrei a minha cara com as pessoas, seja na vida profissional ou na vida pessoal.
Só que isso acabou causando que eu me afastasse dos meus melhores amigos, das minhas melhores amigas, de pessoas que são super importantes pra mim, pessoas que sempre me apoiou em tudo. Eles sempre me ajudaram em tudo, nos meus sonhos, nos meus medos, nas minhas brigas com meu namorado, se importam comigo, com a minha saúde mental, eles sempre querem saber se eu estou tomando os medicamentos, se eu estou me alimentando bem, se estou fazendo terapia. Eu sei que eles estão ali quando eu precisar e eles sabem que eu ali pro que der e vier.
Só que dessa vez tinhas três coisas, que eles não iriam conseguir me ajudar, pode ser que eles pudessem conseguir, eu nem dei a oportunidade pra eles ao menos tentar me ajudar.
A primeira: fiquei concentrada em não fracassar nos meus projeto e sonhos, que acabei esquecendo de cuidar de mim, eu esqueci que pra realizar tudo isso, eu precisava cuidar de mim.
A segunda: eu estou tendo problemas com a minha alimentação, antes que você pergunte: “Não, eu não estou com bulimia e muito menos com anorexia.”
Só que eu estou abaixo do peso, principalmente por causa da minha idade, eu estou desde do ano passado tentando me recuperar na alimentação e está sendo horrível, eu ainda não consegui me alimentar direito e eu também tomei e ainda tomo medicamentos muito fortes, hoje em dia são mais fracos, mas a uns quatro anos atrás eu cheguei a tomar uns 5 a 7 comprimidos. Então, isso me deixou muito péssima, eu não conseguia e nem consigo estar com meus amigos agora, é alto que ainda está difícil de enfrentar. Quando eu digo que eles não iriam conseguir me ajudar, eu estou querendo dizer que não adianta nada eu ter o apoio deles, se eu ainda não consegui processar tudo isso, se eu ainda não sei como me ajudar, eu posso ter o apoio deles, mas as coisas só começam a acontecer se eu fazer algo, se isso partir de mim, não adianta ter o apoio deles se eu nem consigo tentar ficar de pé… Sacou?
Eu também senti o quanto é difícil trabalhar com a internet e fazer faculdade ao mesmo tempo, como é complicado começar um negócio, criar conteúdo, alcançar um público alvo, conseguir manter aquele público, manter a rotina dos conteúdos, manter a sua vida pessoal e profissional organizada e separadas. Eu comecei a passar mais tempo ainda no celular, sempre ali conectada nas redes sociais e divulgando meu blog…
Eu vi tanta coisa que eu queria deixar de ter visto, que me deixou pra baixo, me fez se sentir com a autoestima lá em baixo, aquele Feed do Instagram, meu gzuscristinho, aquilo foi conteúdo tóxico pra mim… Quanto mais eu ficava ali olhando e vendo post e mais post, eu me sentia mal, ficava me comparado com tudo aquilo e pensando porque eu não podia ser mais parecida com as pessoas das daquelas fotos, eu ficava me cobrando muito que eu deveria me maquiar mais, tirar mais fotos pra postar, cheguei a me odiar por aí dá não conseguir me interagir com público, de ainda não consegui gravar vídeos, essa comparação me fez tão mal, entrou dentro de mim como um veneno.
Eu comecei a odiar meu corpo de novo, comecei a lembrar dos motivos que eu não estava saindo casa pra ver meus amigos.

Só que no meio de vasculhar as redes sociais, eu vi cinco coisas que me fizeram bem. Essas coisas ou conteúdo, estão me ajudando a enxergar a vida com outros olhos.

Primeiro – Eu li um livro que me deixou maluca, vocês não fazem ideia do quanto esse livro me deixou louca, ele foi o culpado de tudo que aconteceu nesses últimos meses, esse livro mexeu comigo de um jeito, que me fez se afastar das pessoas. Enfim, o livro se chama Todas as coisas Boas do meu autor favorito Mattew Quick, eu já falei desse livro aqui no blog, inclusive vou deixar o link da no final do post, eu não vou falar muito sobre o livro, porque eu ainda vou fazer uma resenha dele, mas pra vocês entenderem, o livro basicamente tem o ponto chave de dizer pra você sair pra fora da gaiola e ser você mesmo e fim. É basicamente isso. Depois disso, eu fiquei super perdida na minha vida, porque eu realmente me sentia como a Personagem do livro, eu não me sinta, na verdade inda sinto um pouquinho, que eu não faço parte desse mundo, dessas pessoas, sabe eu não consigo me identificar com elas. É tão raro eu me identificar com todas essas pessoas, parece que algo não caixa sabe? O livro me deixou mais maluca ainda, os livros dos Matthew Quick mexe muito comigo, eu até costumo dizer pra mim psicóloga que ele é ou deveria ser o roteirista da minha vida, eu me identifico com todos os livros dele, parece que ele tá falando aquilo pra mim, de alguma etapa da minha vida, tem um livro do Mattew Quick que me traz as respostas das coisas, que faz eu acordar.

Segundo – Gente, sempre que eu me sinto malzona, péssima e pra baixo eu vejo o filme: O Lado Bom da Vida, inclusive também tem o livro é que também foi escrito pelo Mattew Quick. Meu povo, eu sempre estou assistindo esse filme, não enjoou, repito algumas fala e mesma já tendo visto mais de mil vezes, eu sem consigo aprender de novo com esse filme e sempre consigo enxergar o lado bom da minha vida. O filme fala muito sobre enfrentar a depressão a bipolaridade, que é algo que eu enfrento desde de criança.

Terceiro – Fui salva pelo Instagram e canal da Ellora.
Gente, vocês não fazem ideia, do quanto eu sou grata de ter começado a acompanhar os vídeos dela de novo. Eu nem sei porque eu tinha parado de assistir, eu via alguns vídeos dela, mas eu demorava muito pra ir no YouTube, sempre ficava na Netflix.
Eu não sei explicar o tamanho da minha gratidão de ter começado a assistir os vídeos dela pra valer, de ver vários de uma vez, eu engoli os conteúdos do canal dela, aliás depois de passar as férias assistindo os vídeos dela, eu passei a falar a palavra GRATIDÃO quase todos os dias, estou tentando deixar essa palavra muito mais frequente no meu cotidiano, na minha vida. Os vídeos dela lavou a minha alma, meu corpo, está me renovando como pessoa. Eu vejo todos os dias agora, vejo quando eu estou mal, quando meu dia não começa bem ou não termina bem, os vídeos dela é uma resposta de que eu posso ser o quem eu sou, independente do que as pessoas vão dizer, eu tenho que me amar independente de que não ame, eu tenho um probleminha muito sério de achar que todo mundo tem que gostar de mim, que eu tenho que fazer aquela pessoa gostar de mim, aquela pessoa tem que me achar legal, alguma coisa ela tem que gostar… Só que não é bem assim… A Ellora está me ensinando que não tem problema nenhum existir pessoas que não gosta de você, que não devo me importar com elas, mas dá importância as pessoas que estão em volta de mim, a valorizar o que eu tenho, seja qual for a circunstância da vida. Aos poucos eu estou colocando em prática as dicas dela, os conselhos dela, isso tem me feito tão bem, como é gosto ter alguém pra se inspirar.
A cada dia que passa, eu me sinto mais livre ainda.
Sério, Ellora, meu amor, se um dia por acaso, você ler esse post, muito obrigada por existir, em um mês você já me ajudou muito, ainda está me ajudando e posso dizer com toda certeza que seus conteúdos vão continuar me ajudando. Eu espero muito poder mostrar a minha evolução aqui pra vocês no blog.
Eu vou deixar o link do canal dela e do Instagram aqui em baixo, pra quem não conhece ela e quiser conhecer. Enfim, vocês quem sabem.

Instagram: @ellorahaonne

Canal do YouTube: Ellora Haonne

Quarto – Eu voltei a ver os vídeos da Surya, pra quem não a conhece.
Ela tem um canal no YouTube a bastante tempo, ela estudava cinema e grava vídeos sobre isso no seu canal, e hoje ela é cantora também, ela também é atriz e faz uns vídeos com uns conselhos show de bola.
Eu comecei a ver os vídeos dela logo quando ela entrou na faculdade de cinema, eu ainda estava na escola e querendo estudar cinema… Fazia muito tempo que eu não via o canal dela e nem o Instagram, na hora que eu fui ver o Instagram dela, eu pirei!
Ela já era uma pessoa incrível, agora ela é mais Incrível ainda, foi bom rever os conselhos dela, os posts de motivação dela, isso me fez tão bem, me ajudou a ver uma luz dentro de mim que eu não estava tão perdida assim.

Quinto – Eu recebi a melhor notificação da minha vida. Eu tinha mencionado ali em cima que estava mal com o meu corpo… não que isso tenha passado totalmente.
Enfim, a Karina Rangel, postou uma foto esses dias… falando do Padrão da Magreza. Eu não preciso nem dizer, quanto mexeu comigo, o quanto eu me identifiquei com aquele post, eu até chorei muito, eu chorei de alívio, por descobrir que eu não me sentia assim sozinha, que eu não sou a única que enfrentar de não querer fazer parte desse padrão, alguém que perde peso sem ao menos saber o motivo, que não está feliz com isso e o pior de tudo é que você não pode tentar desabafar isso que você está sentindo, dizer que não se sente bem com seu corpo, que a sua magreza te incomoda, que você não se sente saudável, e que ter herdado uma cintura fina não é tão essencial assim. A Karina gritou pro mundo o que eu queria gritar a muito tempo e agora parece que aliviou bastante.

Olha, eu não sei nem como eu consegui escrever tudo que eu precisava, no início eu não tinha ideia de como me comunicar com vocês e agora já estou no final do post.
Eu queria finalizar dizendo que eu vou fazer umas mudanças na minha vida pessoal, na minha vida profissional, isso também inclui o blog, eu quero mudar e o blog também vai ter que mudar junto comigo, eu preciso ser eu mesma, preciso entender que não posso fazer tudo, sou uma pessoa só, um ser humano que ainda está aprendendo e vou continuar aprendendo que todos nós enfrentamos alguns pesadelos.

Eu vou continuar praticando na minha a importância sempre ser eu mesma, ser sincera comigo mesma e saber dizer não para as coisas, aprender a dizer quando algo está me incomodando, não deixar de acreditar na minha capacidade e não deixar de reconhecer que não sou perfeita e vai ter algumas coisas que eu vou ter dificuldades de realizar.

Tudo tem seu tempo, não precisamos ficar apressado as coisas pra elas acontecerem. Temos que aproveitar cada coisinha que acontece na nossa vida, ser grato a cada oportunidade que aparece em nossa porta, mesmo que seja uma oportunidade pequena, essa “pequena porta abre muitas portas e janelas pra você.

Seja grato pelo seu dia.

Seja grato pelos amigos que você tem.

Seja grato pela a família que você herdou.

Seja grato pelo seu emprego.

Seja grato pela faculdade que você faz, a escola que você estuda.

Seja grato por tudo que os seus pais fazem por você.

Seja você.

Seja grato por você existir.

Apenas, agradeça.

Eu espero muito ter o apoio de vocês e que de oportunidades as novas coisas que vão vir pra mim, pro blog e até pra vocês!

Nunca se esqueça: “Todos nós enfrentamos alguns pesadelos.” – Milena Alves

Um beijão da Mila e muita gratidão, até o próximo post.

Fode me fode.

Fode me fode
Já tira toda minha paz
Linha de raciocínio
Já não dura mais
Ah se eu pensasse tudo que me convém
Meu bem eu tô perdida
E dessa laia você não vai me tirar
Tô na zona, no bueiro da minha mente
Sinto muito
Já não posso mais voltar
Tô caída, profunda
No meio desse lixo todo
Dói bastante ao perceber
Que tudo isso sou eu
Dor também que aparece
Gastrite, rinite e mais vários ites
Engraçado é tentar espairecer
Como desmoronar é fácil com ela
Basta um estresse eu passar
Porra, já era
Domina toda e qualquer veia do meu corpo
“Famoso cancer mal adaptado”
Que vem
Suga
Cega
E some
Fode me fode

Pior que um estuprador
Que me nega prazer
Sinto muito te dizer
Tô tipo na esquina
Daquelas de prostituta
Sou a própria
Que não vê saída
É tanta coisa ruim envolvida
Que uma boa já é motivo de riso
Do fode me fode
Agora sou puta
Daquelas que dá sem nem sentir
“Só não me bate, do resto, eu faço bem”
Do fode me fode
Agora sou submissa
Faz o que quiser
Só não piora o que você já criou
Sair daqui? Eu nem tento mais
Já desisti
Difícil demais
Tá doendo
Não me controlo
É mais fácil desistir
Criei coragem
Do fode me fode
Agora sou suicida.

Até a próxima escrita!

-TRACA.

O texto que toda garota precisa ler.

Olá, tudo bem com vocês? Eu preparei um post muito especial, principalmente para as meninas. Eu não sei se esse post vai alcançar todas as meninas do mundo. Eu também não sei, se todas as meninas vão ler esse recadinho até o final, mas eu não podia deixar de dizer isso pra cada uma de vocês.

Eu quero lhe dizer, que você é linda.
Seu sorriso é lindo, mesmo se você usar aparelho, saiba que isso é seu charme.
Eu tenho certeza, que o seu sorriso é como um raio de sol na vida de alguém. Seu sorriso é único.
Seu cabelo é lindo, seja curto, longo, liso, enrolado, afro, loiro, preto, ruivo. Não importa como o seu cabelo é, ele vai continuar sendo lindo. Seu cabelo é único.
Seus olhos, como eles são lindos. Seja castanho, verde, azul ou aqueles olhinhos pretos que parece com uma jabuticaba.
Eu tenho certeza, que existe pessoas repara no brilho dos seus olhos. Seus olhos são únicos. Seu olhar é único.
Sua pele, seu rosto. Como é lindo. Seja qual for seu tom de pele. Branca, negra, morena, parda ou cheia de sardas. Você continua sendo linda. São suas características. É quem você é. Como não amar?
Eu sei que é difícil. Eu também tenho dias, que eu me olho no espelho, não enxergo esse brilho nos meus olhos, que meu namorado tanto me diz.
Tem dias que não vejo esse sorriso radiante que meu pai diz que eu tenho. Eu também tenho dias, que não acho o meu cabelo é tão lindo como a minha mãe diz.
E não tem problema nenhum não se sentir um raio de sol todos os dias, as vezes é necessário um pouco de neblina em nossas vidas, só assim vamos, vamos nos forçar a enxergar as coisas com outros olhos.
Então não se acanhe se hoje você não se sente linda.
Não se acanhe se você se sente insegura. Eu também me sinto assim as vezes.
Não se acanhe em ficar se comparando com outras garotas da sua idade ou mulheres da sua idade.
Não se acanhe com a beleza das redes sociais. É apenas uma beleza artificial. A beleza dessas mulheres é que nem Papai Noel, só existe ali naquela imagem que mostra um lado da história. Eu tenho certeza, que essas mulheres enfrentam as suas inseguranças todos os dias.
Todos nós enfrentamos alguns pesadelos.
Não se acanhe se você ainda não conseguiu se amar.
Eu também tive problemas pra me amar.
Eu já acreditei muito nesse padrão.
Hoje estou aprendendo a não acreditar. Eu estou aprendendo que a beleza vem de dentro pra fora.
Eu continuo colocando em prática o meu aprendizado sobre o amor próprio, todos os dias eu aprendo a me amar, a valorizar as minhas características, a valorizar quem eu sou. Eu sei que não é fácil, mas aos poucos que você vai colocando em prática, vira algo da sua rotina, algo que você não consegue viver sem que ao mesmo tempo te liberta.
Garota, não se acanhe com a beleza das outras garotas, a beleza delas não apaga a sua, porque você é única! Só existe uma pessoa como você e dentro de você existe as melhores versões possíveis, você incrível, libera essa garota sensacional que eu sei que existe aí dentro.


Quero agradecer a todo mundo que está enviando seus poemas, seus textos, suas histórias, etc… Estou amandando, continue mandando, a sua história pode ser a próxima!

Mande a sua fanfic, história, poema, critica, desabafo, e etc para o nosso e-mail: adolescênciadelua@gmail.com. Vocês já podem começar a seguir o nosso Instagram: @blogadolescenciadelua.

Um beijinho da Mila! 

Mel, a Golden Retriever de outro mundo!

Eu me lembro como se fosse hoje como a Melzinha entrou na minha vida, depois que ganhei o Astor eu me mudei para um condomínio, no primeiro dia eu já tinha decidido que o meu vizinho era o meu melhor amigo, ele não tinha 10 anos como eu, ele já era um senhor de idade, o senhor Antônio e a Maria (cuidadora e praticamente uma filha para ele), amava cachorros, ele tinha 3 e eu amava e brincava todos os dias com eles, o Thor, a Haranda que era avó da Mel e a Kelly mamãe da Mel.

Confesso que foi bem fácil escolher a Mel, ela se destacava entre os filhotes, ela puxou a mãe com seus pelos caramelos e era a menor deles, assim que a vi soube que era ela, sempre me falaram que ter uma golden era ter suas coisas sendo destruída até que os 2 primeiros anos, isso porque não conheceram a minha Mel, bagunça é pouco perto das coisas que ela sempre aprontou, foram tantaa coisas destruídas, assim que ela veio ficar com a gente, ela e o Astor ficaram inseparáveis, então ela ficava fora e como era pequena tinha uma casinha de madeira pra dormir, ela não passou nem uma noite dentro da casinha, só dormia entre as patas do Astor, em poucos dias ela já tinha destruído a casinha toda!

Não só a casinha, mas também um sofá de madeira que ficava fora de casa e suas 2 poltronas, sem falar nas roupas que ela puxava do varal, os sapatos, meus brinquedos e os delas e tudo mais que ela conseguia pegar ou que aparecia na frente dela, não tinha educação que resolvesse o terror que ela sempre fez, mas também não dava pra culpar né, ela era um neném ainda e isso ia passar, ela foi ficando mais velha e o número de coisas destruídas só aumentava, mas nada disso fazia mudar o quanto a Mel era um amor, se eu ficasse 24h andando pelo quintal, ela ficava junto, onde eu ia estava ela e o Astor atrás.

Os dois sempre estavam juntos, um protegendo o outro, não só da Loren, mas das coisas que aprontavam e eu descobria depois que chegava da escola e nenhum deles vinham me fazer festa, sempre se escondiam hahahah, mas nada que uns lambeijos deles não me fizesse perdoar eles. A Mel sempre foi amorosa demais, quando me via triste pegava a primeira coisa que via pra me deixar bem, ela sempre foi a alegria da casa, todo mundo se encantada com ela e suas artes.

Agora preparem um lencinho, vou contar o fim dessa linda história, os anos foram passando e a Mel estava sempre tão alegre que nada parecia estar errado, e um dia de muito calor eu como sempre fui dar banho nela, foi quando notei que ela tinha um pequeno nódulo em uma das mamãs, o tempo foi passando e o nódulo parecia ser inofensivo até para a veterinária, a Mel entrou em vários períodos de cio e nada mudou, mas em seu último período o nódulo crio muita força, (virou um tumor) ele cresceu muito e ainda se espalhou para as outras mamãs, eu nunca senti tanto desespero.

Eu vi a minha princesa ter convulsões, fazer muitos exames, tomar vários remédios, passar tardes tomando soro, sua primeira cirurgia foi um sucesso, o tumor maior foi retirado e sua próxima cirurgia já estava marcada para 2 meses e meio depois, a recuperação da Mel foi maravilhosa, a gente brincava que nem parecia que ela tinha pontos na sua barriga toda, continuou brincando e alegre, sua cicatrização foi perfeita, ela estava tão bem que nada parecia que ia dar errado.

Mas o outro tumor, que ainda faltava retirar ganhou força, faltava tão pouco para sua retirada, eu achei que tudo ia dar certo, até eu ver que ela tava tendo dificuldade para andar, esse tumor era interno diferente do outro que conseguiamos ver, ele foi aos poucos acabando com a Mel, como ele já estava considerado estourado, não tinha nenhuma cirurgia que podia ser feita, a pele da Mel sofreu tanto, que todos os dias além de remédios eu limpava ela, eu fiquei ao lado dela o tempo todo, eu não estava pronta para deixar ela partir e nem ela ainda queria parar de lutar, mesmo o câncer tentando acabar com ela, ela continuava tentando brincar, ela andava pelo quintal alegre, sempre com o Astor ao lado dela, infelizmente a Mel entrou em um estado que não aguentava mais, eu tinha que carregar ela pra todos os lados, ela nunca me deu trabalho nenhum, não chorava, deixava cuidar dela e ainda tentava lutar, decidimos que era a hora dela descançar, então minha irmã veio de São Paulo para se despedir, no mesmo dia iríamos levar ela para o veterinário.

20/03… Faltava pouco para levar ela, eu me lembro que começou a chover e eu fui tirar ela do quintal e minha irmã estava comigo, então a Mel insistiu em subir no sofá e eu peguei ela no colo e ajudei ela se ajeitar, foi quando ela me olhou com um olhar calmo, de gratidão talvez, Mel faleceu nos meus braços e cercada por todos que a amava, eu nunca vou me esquecer do quanto ela me fez feliz, apesar de ter partido e estar sendo muito difícil, é bom saber que agora ela não está sofrendo. A minha filha, minha melhor amiga, minha anjinha, a cachorra mais boazinhas de todas e mais companheira estará para sempre no meu coração, o meu amor por ela e a minha gratidão por ter tido ela é indescritível, eu ainda morro de saudades, foram quase 10 anos de muito amor!

Faz 4 meses que ela partiu e eu ainda me lembro dela todos os dias quando acordo, eu ainda encontro pelos dela em alguns cantos do quintal, a Mel partiu da minha galáxia, mas estará para sempre comigo, sempre me lembrarei dela e serei eternamente grata por todo o seu amor, até mesmo pelas bagunças!

Ela é minha eterna princesa, com amor, Abibi e sua galáxia, até a próxima!

Textos das Leitoras: Sentidos.

Sentidos.

É incrível como um sentimento te faz perder os sentidos. E por você, não foi diferente, me apaixonei por cada pequeno detalhe, por cada curva, que fazia me perder no teu corpo.
Teu toque, cheiro, teu gosto, faziam parte de mim.
Acho que quando amamos, as outras pessoas consequentemente perdem a graça, pra mim, você era a única pessoa me despertava os melhores e maliciosos olhares. Parece clichê, mas era incontável o número de vezes que me amoleci pelo teu sorriso.
Talvez seja um problema, mas quem se importa? Te amar me fazia esquecer de todas as dúvidas e preenchia qualquer vazio.
Te amar me completava.
Os silêncios eram barulhentos, perto da confusão que me cercava e eu mal percebia.
E foi aí que… Amar começou a doer pra mim. Teus sorrisos já não eram só meus, teus olhares vagavam por todos os cantos e não se encontravam com os meus. Como uma criança que esquece o caminho de casa ou como um passarinho, que no final da temporada, não decide voltar, pois se acomodou em outros ninhos.
E foi aí que… eu percebi que podia perder tudo, menos o que eu sentia.
Você mudou o rumo, fez morada em outros corações, esqueceu da volta pra casa, e ainda sim… iria te lembrar o caminho quando não te restasse mais nada, as portas estariam abertas. Pois não há fechaduras que falhem quando se tem a chave mestra.
A falta, a carência e o amor… ah, o amor…
Te faz perder os sentidos. E talvez… no seu caso, tenha te feito perder o caminho de casa.

Autora: Lucília Gomes – Instagram: @luh.young


 

Desenho Autoral – Todos os Direitos Reservados.

Artista: Byanka G. Nunes.

Mande a sua fanfic, história, poema, critica, desabafo, e etc para o nosso e-mail: adolescênciadelua@gmail.com.

Quero agradecer a todo mundo que está enviando seus poemas, seus textos, suas histórias, etc… Estou amandando, continue mandando, a sua história pode ser a próxima!

Beijos da Mila!

Minhas Séries do Coração!

Eu sou a louca dos filmes, das séries, das novelas, boa ideia vou começar a indicar: mini séries e novelas, eu também assisto Globo Play, eu adoro. Então, eu estou sempre antenada no mundo audiovisual.
Eu sou muito indecisa, especialmente, quando se trata de filmes e séries, essa á uma lista bem pessoal, são séries que estão presente na minha rotina, séries que marcou a minha vida. Enfim, fiz uma lista das minhas series do coração, são aquelas series que eu já vi mais de mil vezes, mas não canso de assistir!

Como eu sempre digo, chega de enrolação e vamos pra lista!

Friends

Olha, pode falar o que quiser, mas faço parte do time Friends.
Meu namorado e eu, assistimos o tempo todo, é sério! Vocês não fazem ideia! Sempre está passando Friends na nossa televisão, a gente dorme vendo Friends, é um vicio, nós dois já vimos todas as temporadas mais de 10 vezes, eu já perdi a conta de quantas vezes já vimos e vemos essa série.

Friends tem 237 episódios, distribuídas em 10 temporadas

p183931_b_v9_ac

Olha que nunca assistiu, faça o favor de assisti, vale muito a pena.

Pra que nunca assistiu, a série conta a história de seis jovens, que são unidos por laços familiares, românticos e, principalmente, de amizade, enquanto tentam sobreviver em Nova York. Rachel Green é interpretada pela Jennifer Aniston, (eu amo essa atriz).
Rachel é a garota mimada que deixa o noivo no altar para viver com a amiga dos tempos de escola Monica Geller é interpretada por Courteney Cox. Monica é muito sistemática e apaixonada pela culinária. Monica é irmã de Ross é interpretado pelo David Schwimmer. Ross Geller é um paleontólogo que é abandonado pela esposa, que descobriu ser lésbica. Do outro lado do corredor do apartamento de Monica e Rachel, moram Joey Tribbiani que é interpretado pelo Matt LeBlanc. Joey é um ator frustrado, e Chandler Bing é interpretado pelo Matthew Perry.
Chandler tem uma profissão misteriosa. A turma é completada pela exótica Phoebe Buffay é interpretada pela Lisa Kudrow. Essa é a minha personagem favorita, na verdade todos eles são, mas a Phoebe é a que eu mais me identifico.

Friends

Friends tem 237 episódios, distribuídas em 10 temporadas, é uma série completa, então tem muitos episódios pra você se apaixonar, sem se frustrar se a série for cancelada ou ter que esperar a próxima temporada.

Apartamento 23

Essa com certeza é minha segunda série favorita, eu dou muita risada com os personagens, inclusive eu viciei meu namorado nessa série, é uma pena que foi uma série cancelada. Bem que a @Netflix podia fazer uma outra versão, a atriz da série já é contratada deles mesmo, fica dica Netflix.

JAMES VAN DER BEEK, KRYSTEN RITTER, DREAMA WALKER

A série tem duas traduções, porque ela teve o nome censurado.
A primeira, é Apartamento 23, a segunda é Não Confie na Puta — do Apartamento 23

Chega de ficar elogiando a série, vocês também querem saber a sinopse.

June é interpretada pela Dreama Walker. June é uma garota do interior, que decide se mudar para Nova York para ir atrás da carreira de seus sonhos, em uma hipotecária, que já vem com um apartamento incluído. No entanto, ela tem pouca sorte e a companhia é fechada logo no seu primeiro dia, e o apartamento é retirado dela. June passa a morar com Chloe que é interpretada pela Krysten Ritter, sim gente, a própria Jessica Jones, pra quem não sabe Krysten Ritter é atriz que faz o papal da heroína da Marvel: Jessica Jones, que também é uma serie da Netflix. Chloe é um pouco vigarista e muito festeira. De início, elas não se dão bem. Mas quando as tentativas de Chloe de enganar June dão errado, elas acabam tornando-se amigas.

apartment231.jpg

Duas Garotas em Apuros

Gente, minha sogra ama essa série, eu também amo, sempre passa na FOX, já sabem onde assistir. Eu dou muita gargalhada, nunca enjoo. Gente! Só assista, não vai se arrepender.

600x600bb-85

A série conta a história de duas garotas, (o titulo já diz isso, kkk).
Enfim, uma delas, se chama Max Black, que é interpretada por Kat Dennings, eu adoro essa atriz. Pra pagar as suas contas, Max Black, trabalha em dois empregos, incluindo um como garçonete de um restaurante. Caroline Channing que é interpretada pela Beth Behrs, eu também amo essa atriz. Caroline por sua vez, é uma riquinha mimada que, após perder todo o seu dinheiro, precisa procurar um trabalho pela primeira vez na vida. Trabalhando e morando juntas, Max e Caroline irão começar a juntar dinheiro para investir em uma loja de cupcakes.

garotas

Gente, só de escrever a sinopse pra vocês, eu já fico relembrando a cenas mais atrapalhadas de Max e Caroline. Não deixa de assistir essa série!

Brilhante Victoria

Eu amo essa série, eu assisto a muito tempo, desde quando eu era criança ou adolescentes. Enfim, eu amo muito! Sou apaixonada pelos personagens, pela história, o elenco, os cenários, fora que é bem engraçado, pelo menos eu dou muita risada.
Eu acredito, que metade de todas as pessoas que lê o blog, já assistiu essa série.

victorious-brilhante-victoria-completo-D_NQ_NP_885938-MLB25912640239_082017-F

Chegada de enrolação e vamos pra sinopse.

Tori Vega é interpretada pela linda Victoria Justice.
Tori é uma adolescente aspirante a cantora que frequenta a Hollywood Arts High School. Desde seu primeiro dia de aula, Tori sente-se deslocada dentre os seus tão talentosos colegas. Com a ajuda de sua irmã Trina que é interpretada pela Daniella Monet, o amigo Andre que é interpretado pelo Leon Thomas e os seus novos colegas: Beck que é interpretado pelo Avan Jogia, (ele faz o papel do garo da turma, vale a pena). Cat é interpretada pela nossa linda Ariana Grande e Robbie, que é interpretado pelo Matthew Bennett. Tori percebe que ela nasceu para ser uma estrela.

761269646_victorious_beggin_eps_14HR_122_239lo

Fuller House 

Eu amo esse e spin-off da sitcom de 1987 de Full House. A Netflix arrasou nessa versão, quase todos os personagens da primeira versão, estão presentes nas 3 temporadas, inclusive a Netflix já anunciou a 4 temporada, eu estou super ansiosa.

21.jpg

Nessa nova versão, chamada Fuller House, as aventuras da família Tanner, de Três é Demais, continuam. D.J. Tanner-Fuller que ainda é interpretada pela Candace Cameron-Bure. D. J recentemente perdeu o marido e precisa cuidar de três filhos: O rebelde adolescente JD que é interpretado por Michael Campion, o neurótico Max pelo Elias Harger e o pequeno Tommy. A sua irmã mais nova, aspirante a cantora Stephanie Tanner, esse papel ainda é interpretado pela Jodie Sweetin, e sua melhor amiga, mãe solteira Kimmy Gibbler, que ainda é interpretado pela Andrea Barber.
Kimmy, tem uma filha adolescente Ramona, elas se mudam para a casa de DJ para ajudá-la a cuidar dos filhos dela.

image.jpg

The Good Place

Antes de assistir essa série, ela ficou umas duas semana na minha lista, até que fiquei sem séries de comédia pra assistir! Preciso nem dizer, que eu amei essa série!
Olha, além da série ser muito engraçada, a história é muito interessante, faz você pensar algumas coisas, na verdade, eu sempre pensei igual o roteirista dessa série, eu entendi a mensagem que ele quis passar! Vejam a série, eu amei!

CAPA-1024x576.jpg

Rick and Morty

Nossa eu amo os desenhos do Cartoon Network,(alias vou fazer uma lista de desenhos e séries do Cartoon.

Gente, eu amo esse desenho, eu e meu namorado adoramos assistir juntos, vemos sempre, já assistimos todos o episódios, a série é indicada mais para adultos, essa serie é bem colorida, a animação é bem diferente, faz umas criticas sócias, ao mesmo tempo você se diverte e aprende.

rick-and-morty-christmas

Pra quem nunca assistiu Rick and Morty é uma série de animação adulta norte-americana de comédia e ficção científica criada por Justin Roiland e Dan Harmon para o bloco de programação noturno Adult Swim, exibido no canal Cartoon Network.

rickmortycapa

Rick Sanchez é um cientista genial e alcoólatra que foi morar com a família de sua filha Beth, uma cirurgiã cardíaca de equinos. Ele divide seu tempo entre desenvolver projetos altamente tecnológicos em seu laboratório (garagem da casa de Beth) e levar seu neto de 14 anos Morty em aventuras perigosas e surreais pelo Multiverso. Combinados com tensões preexistentes dentro da família, esses eventos causam ao sensível Morty muito angústia em casa e na escola.-

Não deixa de assistir esse desenho, é sensacional!

Disjointed

Olha, eu não vou conseguir explicar o meu amor por essa série, gente eu nunca ri tanto, foi a melhor combinação da Netflix. Nossa querida atriz Kathy Bates + Comédia + Maconha + vários maconheiros desajustados = é altas risada na certa. Bom, pelo menos meu namorado e eu rimos muito.

dd

Disjointed é uma série original de comédia da Netflix criada por David Javerbaum e Chuck Lorre, foi protagonizada por Kathy Bates. A empresa de streaming Netflix requisitou a produção de dez episódios, sendo estreados em 25 de agosto de 2017.

dsjt_104_unit_01090r

Ruth é interpretada por Kathy Bates. Ruth é uma mulher e uma advogada, que sempre lutou pela legalização da maconha. Atualmente, ela é dona de uma loja que vende maconha medicinal, pra ela finalmente está vivendo seu sonho como proprietária de um dispensário de cannabis na região de Los Angeles. Juntos com ela estão seu filho de vinte e poucos anos e um guarda de segurança profundamente perturbado – os quais estão mais ou menos constantemente chapados. Durante a série vai aparecendo outros personagens, não deixa de assistir que vale a pena.

djj


 

As Telefonistas

Essa série é maravilhosa, eu e a Juliana amamos essa série e já fizemos uma maratona com os episodio. Eu nunca vou esquecer desse dia, foi o dia mais importa de nossas vidas, depois de 7 anos sem se ver, sem ter nenhum contato com a outra, nos reencontramos, então essa série é super importante na minha vida!

As telefonistas é uma série de televisão espanhola de drama e romance, criada, escrita, dirigida e produzida por Ramón Campos, sendo distribuída pela Netflix.

chicas

A série começa em Madrid em 1928. No começo da série a , apresentando a personagem principal Alba que é interpretada pela Blanca Suárez.
Depois Alba acaba tendo que pegar o nome de Lídia Aguilar para roubar o posto de trabalho de uma das candidatas à telefonista em empresa de Madrid. A companhia telefônica nacional abre uma sede no centro da cidade de Madrid e centenas de garotas fazem fila para conseguir um emprego como telefonista no único lugar que representa o progresso e a modernidade para as mulheres da época. Quatro meninas, de origens muito diferentes, começam a trabalhar como operadores. A partir desse dia, o ciúme, a inveja e a traição passam a se confundir com o desejo de sucesso, amor e amizade. O grupo de garotas é formado por Lidia/Alaba (Blanca Suárez), Marga (Nadia de Santiago), Carlota (Ana Fernández) e Ángeles (Maggie Civantos).

as-telefonistas-segunda-temporada-divulgacao

Gostaria de lembrar, que agora temos o nosso instagram: @blogadolescenciadelua, não esquece de nos seguir!

Um beijão da Mila e até a proxima lista!

No outro lado da tela…

Oiiiii já tava com tanta saudade de vocês migxsss!!!! Fazia um certo tem que não sentava aqui com uma xícara na mão pra gente conversar né? Kkkk

Nesse post quero mais ter uma conversa íntima, vocês sempre leram meus textos, leram o que se passava pelo meu coração e mente, sempre me receberam muito bem, então para explicar meu sumiço não seria diferente né migxs?

BORA CONVERSAR!!! Pega seu café ou chá e vem comigo ❤ Hoje não é uma história de experiências que vivi, como estão acostumadas (os), mas logo elas vão voltar kkkk tenho ainda muitas pra contar ainda porém só queria desabafar mesmo, sabe? Aquele papo entre amigos? Então.

Aconteceu tantas coisas nos últimos dias, que me fizeram pensa muito e rever meu contexto, aonde estava inserida e/ou aonde eu realmente gostaria de estar, tirei um tempo pra mim, como você pode ver pois estou mostrando as conclusões que tirei de tudo kkk. Também pensei muito nas minhas metas futuras, nos meus sonhos, em tudo que eu acredito e deixo de acreditar.

Como já havia dito nos posts anteriores, estou saindo da adolecencia, agora tenho 17 anos como já sabe (falei mais de mim também na primeira apresentação que fiz aqui no blog) e querendo ou não as mudanças de certa forma “machucam” e crescer também é uma delas, então estou vivendo um dia após o outro, devagar, no meu tempo, no meu ritmo, me respeitando acima de tudo, respeitando as minhas vontades, seja elas grandes ou pequenas.

Obviamente que tem muitas coisas maravilhosas nessa nova fase, mas tambem não podemos nos perder nisso kkk bem, o blog ficou parado mas meu Instagram/YouTube não hahaha dei muitas dicas como sempre e a melhor parte, OS DOIS ESTÃO DE CARA NOVA!!! mudei a arte do canal também!!!! kkkk no Byanka.G.Nunes tem tutoriais novos desenho, desenha e fala, vlogs, vídeos de dança entre outros que estão bem atualizados. Tentei ao máximo produzir conteúdo para não perder o foco e não prejudicar quem realmente quer aprender, então depois de ler clica no link, no final para acessar tudo.

Mas não foi só isso que eu fiz também não kkkk foi época de prova na faculdade, é um pouco tenso pra mim pois não é um conteúdo que donimo, (não estou fazendo faculdade de Design ainda kkk já fiz um vídeo explicando como entrei na minha primeira faculdade) não tem a minha verdadeira paixão aqui na minha cidade kkkk e ainda sou de menor então, nao tenho condições financeiras de me manter em outro lugar, estou esperando o tempo certo, pois tudo acontece por um motivo.

Hoje estou fazendo Meio Ambiente em uma Universidade Pública, chamada UEM e realmente está sendo uma experiência muito interessante, a cada dia um aprendizado diferente, está sendo ótimo para aprender a “ser adulta”, sempre fui muito organizada com trabalhos/estudo para que meu tempo livre seja bem utilizado e a faculdade está me fazendo comprovar todos os dias a minha capacidade.

Só por aí já noto, que foi agitada a minha rotina durante a copa né? Kkkk agora que vem a melhor parte, passei por mudanças de ambiente também!!! Siiiim! Agora tenho meu cantinho, meu espaço para poder trabalhar, estudar e me dedicar mais aos meus projetos, incluindo vocês! O Blog! Nesse tempo organizei bastante meu espaço, está bem aconchegante, (minha cara kkk) as cores que habita nele é Branco, Preto e rosa (a madeira também conta né? Mas logo logo pretendo pintar as partes com essa textura, de preto pra tirar o marrom).

Estou super feliz com isso pois o ambiente que a gente vive também nos afeta, nos influencia drasticamente, é como ler um livro, tem pessoas que não conseguem ler em locais com muitos e altos ruídos, ou estando em um ônibus, carro, em movimento, entre outras perspectivas. Pra quem é artista, não é diferente! Você precisa do seu espaço, de um local onde pode respirar tranquilamente para conseguir botar suas ideias no papel e produzir no seu ritmo.

Mas não é só de coisas boas que vive a humanidade kkkkk fiquei doente também, peguei uma gripe que me abalou muito mas agora já estou bem melhor, só com a garganta um pouco machucada. Mas estou bem, não se preocupe! Durante todo esse tempo, diversas pessoas entraram na minha vida e outras tantas saíram, me desepcionei com algumas e me surpreendi com outras, a vida é zueira mesmo né? Kkkk

E na realidade essa é a graça, o aprender, o desconhecido, o fechar de ciclos, o início de outros, as novas experiências, as novas rotinas e confesso que agora estou muito feliz comigo mesma, estou muito tranquila com meu novo espaço, com meus sentimentos, meu visual e afins, podem até notar nas artes, minha evolução, nas outras redes sociais também (vão estar todas aqui embaixo) que estou um pouco diferente. Mais leve, mais consciente, mais apaixonada pela vida novamente kkkk conheci alguém especial também que está me motivando muito (mesmo sem saber) a continuar, sempre fui muito forte mas é maravilhoso ter alguém que te dá forças para continuar ❤ tudo é uma questão de fase.

Se a tristeza vem… A felicidade vem também

Já Contei um pouco do que aconteceu para manter a par do que anda rolando no outro lado da telinha kkkk pra também notarem que não é só vocês que tem “momentos de crise” acredite, você não está sozinha(o) eu acredito em você! Você vai conseguir chegar ao seu objetivo!!!

É só clicar ensima que vai direto para o Instagram, Canal no You Tube e Página no Facebook:

Instagram: @byanka.g.nunes

Facebook: Byanka.G.Nunes

YouTube: Byanka.G.Nunes

Email: byanka.g.nunes@gmail.com