Yellow!

Eaee manaaaas, tudo bem com vocês? Eu espero que sim e se não estiver, ta tudo bem precisar de uma ajuda, essa na foto sou eu em um dia qualquer da copa, por que eu escolhi ela? Antes de tirar ela eu tive uma crise e não estava bem, então ela representa o que eu tenho pra falar hoje.

Acho que a minha Galáxia ta mergulhando em um buraco negro, eu só consigo ver as coisas em preto e cinza, essas últimas semanas tem sido muito difíceis, eu não consegui me dedicar ao blog direito ainda, eu não consegui fazer algo para me agradar, ou alguma coisa de rotina como colocar as roupas sujas pra lavar, conversar, na verdade eu nem queria pensar em diálogos, queria me ausentar e dormir, acordar depois da chuva e ver o sol saindo, talvez, não rolou, eu tinha obrigações a fazer, eu tenho o Pedro que me tira os sorrisos mais sinceros, minhas amigas querendo me contar as coisas, eu tinha que sair da cama mesmo querendo ficar nela mais que tudo.

Eu levantei, fiz o que tinha que ser feito, mas parecia que eu estava me assistindo, era como se estive alheia a tudo, parecia que eu só acordava quando o Pedro tava do meu lado, a realidade parecia estar longe, é tão agonizante, algo parecia estar me sufocando, me sugando, fiquei fraca, não tinha nenhuma animação, só pensava em como seria bom estar deitada enrolada nas cobertas com o Pedro me fazendo carinho.

É horrível não ter controle da nossa mente, ela destrói, faz tudo parecer que vai dar merda, eu tento não pensar, tento me distraí e fazer outras coisas para me animar, mas a angústia está ali, como se quisesse me falar: “Você acha mesmo que pode deixar pra lá? Eu ainda estou aqui”. Realmente ela ta, ela me engana que vai embora e volta me dando uma voadora no meio do peito, ela é uma ridícula, odeio ela. As pessoas me falam que é uma fase, que as vezes a depressão nos pega de jeito e logo passa, eu odeio essa frase, é óbvio que a vida tem suas fases boas e ruins, ninguém precisa me falar isso, me fale que tudo vai ficar bem e me mostre algo bom, mas não diminua a minha dor, a minha angústia e nem a de ninguém.

Eu tentei escrever sobre a fase boa, sobre como eu amo acordar e ter o amor da minha vida ao meu lado, sobre os livros que eu amo, ou minhas amigas, escrever algo bom que possa fazer vocês sorriem, mas eu precisava desabafar, precisava colocar a minha dor pra fora, eu tinha que escrever sobre esse tipo de sentimento, porque a angústia mistura tudo que tiver direito, ela envolve medo, estresse, dores, ela quebra nosso emocional, eu costumo fazer piada dos perrengues que eu passo, mas quando ela chega acaba qualquer pensamento de tirar um sarro de mim mesma, eu quis desabafar com vocês, eu quero vocês próximas de mim, o carinho que vocês transmitem é incrivelmente maravilhoso, vocês não tem noção de como é bom ver a notificação de curtida ou comentários, fazem valer apena cada palavra, a interação entre a gente faz meu dia melhor, que gratidão fazer parte disso.

Eu preciso que vocês me conheçam por inteira, eu tenho vários estado de espíritos, as vezes eu acordo querendo mudar tudo e super alegre, mas as vezes eu nem quero sair da minha cama, só a ideia de levantar esses dias me dava náusea, meu corpo ficava pesado e meus olhos pareciam ter levado dois socão hahaha, to rindo mas é de nervoso. Eu renovei um pouco das minhas energias positivas, (isso ficou bem good vibes) indo para uma rave/festival, (não sei como vocês consideram as festas ao ar livre com muita música eletrônica…) não meninas, eu não uso nenhum tipo de drogas e não é assim que as raves são, posso contar pra vocês como realmente é ir para uma, mas enfim, a sensação de deixar a música me guiar e me levar para longe dos problemas é libertador, pular, gritar, espairecer em um lugar que todo mundo só quer a mesma coisa que eu, que você, se sentir vivo, estar em um lugar que se você esbarra em alguém não vira briga, vira mais um amigo e assim vai, valeu muito apena.

Não que tudo tenha sumido ou sido resolvido, mas digamos que ta mais tolerável e eu to me cuidando mais, eu não sei se vocês já sentiram isso ou pode estar sentindo, mas eu tenho uma coisa para falar: A gente não tem muitas chances, não são todos os dias que serão ruins, ficar na cama e não se forçar sair só piora as coisas, se alto mutilar de alguma forma só vai te deixar ainda mais frágil, as vezes aquele dia que você não quer sair pode ser o dia que vai mudar tudo, o talvez pode ser a solução para a angústia, pode ser a sua libertação, sua guerra interna depende só de tu para acabar, eu acredito muito em você, eu acredito em mim.

Estamos em setembro, o mês amarelo, o mês de prevenção ao suicídio, um mês inteiro para provar que a nossa dor interna precisa de atenção, precisa de cuidados e ta tudo bem precisar de ajuda, ta tudo bem querer se livrar desses sentimentos que nos afundam, tem muita gente nesse mundo pra nos ajudar, gente que nos ama, gente que nós amamos, tem muitos, mas muitos motivos para não desistir, tem o show daquela banda que você ama e quer ir um dia, tem seu animalzinho que vai sentir sua falta, tem tantos filmes que ainda não vimos, tantas músicas, tantos lugares que queremos conhecer, temos uma vida inteira ainda. Quando alguém parte, ela também faz partir pedaços de outras pessoas e pode partir uma por inteiro.

Não é só esse mês que as pessoas e profissionais da saúde estão dispostos a ajudar, todos os dias é dia de prevenção ao suicídio, você pode não ter pensado nisso ainda, mas a gente não sabe como vai ser os próximos dias, então não podemos perder a oportunidade de se prevenir dessa vontade horrível, procure ajuda igual eu fiz, eu te garanto que tudo vai ficar bem e que ver uns vídeos fofinhos, engraçados, ou ficar vendo meme e até matérias mais diferentes pode te fazer ver o tempo do seu jeito favorito, converse sobre sua dor, procure quem possa te ajudar de verdade e por favor, não vamos desistir de ser feliz, temos muito para viver e aproveitar, aquela viagem ou o que quer que sonhe em fazer pode de tornar realidade, só depende da gente!

Espero poder ter ajudado, deixa aquela curtida, aquele comentário, compartilha pra geral ver, as vezes alguém do nosso lado precisa de ajuda e nem sabemos.

Com amor: Abibi e sua galáxia, agora colorida! 💛💙💚💜❤