Um Nu no Corredor – Capitulo 17 – Série Os Freitas

Capitulo 17

Violeta

Logo depois que Liza saiu, eu me arrumei e fui para o trabalho, chegando, Mateus, meu amigo falou:

– Polly! Que bom que você chegou, isso aqui está uma bagunça, a Tiffany está toda embolada com os desenhos e o Jorge está perdido com o trabalho da decoração da casa dos Collins.

– Nossa! Calma Matt, eu já cheguei, os Collins vão mudar só em três semanas, ainda temos tempo de nos organizar, mas os desenhos devem ficar prontos logo. Vou resolver isso agora.

– Ok – eu fui ajudar a Tiffany com os desenhos e ele foi ajudar o Jorge

Depois de organizar tudo, avisei que iria almoçar, pois meus pais iriam lá me ver, ele apenas disse que não era para eu me atrasar para o trabalho, ele é meu chefe, assim que saí do prédio, peguei o celular e liguei para Liza, depois da segunda chamada ela atendeu:

– Fala louca – ela disse do outro lado da linha rindo.

– Sai mais cedo, papai e mamãe vão lá em casa, faz charminho com o Klébio e faça-o deixar você sair mais cedo.

– Não vou poder, hoje vai entrar o novo chefe da empresa, vou almoçar lá no paraíso – era assim que Liza apelidou o restaurante Bom Apetite – Depois eu vou ter que voltar correndo para cá.

– Ah! Então tudo bem, eu aviso que você não pode ir, vou ligar para eles agora, beijo, bom trabalho aí.

– Beijo – depois – disse ela – desliga e eu ligo para o meu pai, depois de três toques ele atende

– Oi pai, saí mais cedo do trabalho, podem vir mais cedo.

– Ok querida, já nós chegamos.

– Tá – logo depois ele desligou, eu já estava chegando na frente do prédio, passei por Vicente e o cumprimentei sorrindo, o qual devolveu com o mesmo sorriso. Assim que cheguei ao andar desejado, segui em direção ao meu ap, não pude evitar e olhei para a porta do vizinho, lembrando o que aconteceu ontem, meu coração acelerou e meu estômago parecia que estava com borboletas, balancei a cabeça tentando me livrar daquele pensamento, entrei em casa e coloquei minhas coisas no balcão e fui em direção ao quarto tirei minha roupa e joguei na cama, peguei a toalha e fui para o banheiro que ficava no mesmo corredor que meu quarto, entrei e tomei um banho para tirar a quentura da manhã, assim que sai coloquei uma roupa mais leve e fui para a cozinha, não demorou muito e ouvi batidas na porta, quando abri vi meus pais e Henry saltitando, ele me abraçou e em seguida correu para dentro do ap, meus pais me abraçaram e entraram também, Henry começou a correr dentro do ap e eu odeio quando fazem isso e eu disse brava:

– Para já com isso Henry Teodoro – ele parou no mesmo momento, ele odeia quando lhe chamam pelo segundo nome, depois disso se sentou e começamos a conversar e rir muito. Estava tão distraída que nem notei quando minha mãe disse:

– Amor, está ouvindo essa música?

– Nossa! Estou sim, essa música é incrível – eu estava boiando quando eu ouvi a música que vinha do vizinho, me lembrando de Conrado e ficando vermelha no mesmo instante e meu pai reparou e disse- Querida, você está bem? Está tão vermelha.

– Sim, estou bem, ah essa música é do vizinho.

– E você o conhece? – Minha mãe perguntou, eu disse tentando parecer indiferente.

– Já nos falamos algumas vezes.

– Ah! Que ótimo! Então vamos lá falar com ele.

-NÃO! – Acabei gritando sem necessidade e tentei corrigir – Ah, mãe, deixe-o almoçar de boa em sua casa – meus pais notaram meu nervosismo e minha mãe disse:

– Nós vamos lá, não é querido – disse já se levantado e meu pai também.

– Sim – ele respondeu minha mãe já na porta, Henry nem ligava para o que estava acontecendo e ficou mexendo na TV, quando eu me dei conta ouvi a porta batendo e eles já do lado de fora, levantei num pulo e corri até a porta abrindo na intenção de impedi-los de baterem na porta, mas já era tarde, Conrado já estava abrindo a porta, só deu tempo de eu escorregar e cair na frente deles, meus pais me olharam com uma cara e começaram a rir e Conrado também, ele agachou e me ajudou a levantar rindo ainda e eu comecei a rir da minha cara também, ele me perguntou então:

– Você está bem? – Disse rindo, e eu ainda rindo respondi:

– Sim, estou bem.

– Eu já não disse para não correr, que você é muito desastrada – minha mãe falou num tom meio brava, mas ainda rindo.

 – Eu sei mãe – disse ainda rindo

– Ah! Vocês que são os pais da Violeta? –Conrado disse meio surpreso e feliz.

– Sim, eu sou a Sarah e esse é Lucca, meu marido e você quem é?

– Meu nome é Conrado, muito prazer – ele estendeu a mão para meu pai, que retribuiu o cumprimento, logo depois para minha mãe.

– Nossa que cheiro de queimado – disse meu pai e Conrado correu para dentro do ap e disse de lá:

– Podem entrar. – Nós entramos e nos aproximamos da cozinha onde ele está mexendo com um molho de macarrão, poxa cara, ele ainda cozinha, o que esse cara não faz? Minha mãe como sempre não pode deixar de fazer um comentário:

– Sua casa é muito bonita. Você mora sozinho?

– Ah! Muito obrigado. Sim, há um tempo morava com minha irmã, mas ela se casou tem uns 5 anos, então eu moro sozinho desde então. Vocês gostariam de almoçar aqui hoje?

– Ah não! Não queremos incomodar – eu falei mostrando que eu ainda estava ali, minha mãe logicamente tinha que argumentar e me contradizer:

– Bem, se não for incomodo.

– Não, não, incomodo algum, adoro visitas. Bem, se vocês não se importarem, vou terminar o almoço.

– Fique à vontade, rapaz – disse meu pai cutucando minha mãe – Querida, nós deixamos o Henry sozinho.

– Ai não!!! Ele vai quebrar minha luminária – disse já me levantando para ir ver, mas meus pais se adiantaram e minha mãe disse:

– Deixe meu bem, nós vamos lá, fique aí – e deu uma piscadinha para mim, me deixando sozinha com ele, que estava de costas para nós, ela continuou – Logo voltamos, Conrado.

– Ah! Ok – depois disso eles saíram me deixando sozinha com ele.

Um comentário em “Um Nu no Corredor – Capitulo 17 – Série Os Freitas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s