Cartões Do Dia Dos Namorados

Oiie meu Bailarinos Apaixonados.

Eu montei uns cartãozinhos para o Dia dos Namorados para presenteamos aquela pessoa especial da nossa vida.

OBS:  Na hora que for imprimir fazer no modo frente e verso e pode ser impresso em papel A4 ou em algum outro papel mais durinho, lembrando que ele é de propriedade do Blog Adolescência de Lua e Na Ponta dos Pés e sua cormecialização é proibida por lei.

Arquivo em PDF ⇓

Cartão 1 (1)

Cartão 1 – Capa

Sem título-1_Prancheta 1

Cartão 1 – Parte de dentro

Sem título-1-02

Cartão 2 – Capa

Sem título-1-03

Cartão 2 – Parte de dentro

Sem título-1-04

Cartão 3 – Capa

Sem título-1-05

Cartão  – Parte de dentro

Sem título-1-06

Noticias importantes

Olá meus queridos moradores do meu adorável mundo de maquetes

Tenho duas noticias, uma boa e outra não tão boa, vou contar a não tão boa primeiro.

A não tão boa, é que estamos na reta final do meu primeiro livro, Eu e o Meu Vizinho, mas não se preocupem;

A boa é que eu estou na reta final do meu segundo livro, ou seja, logo irei pública-lo aqui, talvez leve um tempo, já que pedi para uma ex professora minha de português para revisa-lo para mim.

Acho que é isso por hoje, fiquem atentos, logo tem mais.

Ps: me sigam nas redes sociais, Facebook: Thayane Cristina e Instagram: thay.chris3252

Aqui quem fala é a Porteira de Maquete beijos e arrivederci.

Um Nu no Corrdor – Capitulo 29 – Série Os Freitas

Capitulo 29

Violeta

Ultimamente tenho me sentido meio enjoada e com mais fome, deve ser normal, afinal, Conrado cozinha muito bem, depois de ontem vi que ele me olha o tempo todo e sorri, eu achei um pouco estranho, mas muito fofo então, observei em silêncio, depois que senti aquela tontura ele ficou mais preocupado comigo, alertei-o que não precisava, porém ele ter tocado no assunto de filhos, isso sim me deixou confusa, será que ele acha que estou gravida? Pensando bem, minha menstruação está atrasada duas semanas, mas quase sempre atrasa, tem também o lance da fome e sono de mais. Ai minha nossa, será que estou mesmo grávida? Amanhã vou ligar para Liza bem cedo, contar a ela e pedir lhe que vá comigo à farmácia na hora do almoço. No dia seguinte:

– Então você acha que está grávida do Conrado? – Pergunta Liza sentada no sofá de frente para mim.

– Isso – respondo meio recolhida e nervosa com o teste de gravidez nas mãos criando coragem para fazê-lo.

– Vai logo menina, está me deixando nervosa com essa enrolação – Liza fala impacienta, levanta me puxando junto e levando em direção ao banheiro me empurrou para dentro fechou a porta atrás de mim e fala do lado de fora do banheiro – Só vai sair daí quando fizer o teste.

Não respondi nada, apenas tirei o teste da caixinha e fiz xixi na parte indicada enquanto olhava a instrução da caixinha, quando olho para o teste depois de alguns segundos e vejo que apareceram duas barras azuis não sei com agir se entro em pânico, se choro, se grito, eu simplesmente não sei o que fazer apenas me vejo abrindo a porta e Liza me olha com curiosidade, quando mostro o teste, ela dá um grito ensurdecedor e começa a fazer uma dancinha de comemoração.

– Você vai ser mamãe, eu vou ser titiaaaaaaaaaa – acho que nunca a vi tão feliz, eu estava parada apenas olhando, atônica, aquela cena engraçada.  Ainda não acredito, eu… eu… estou grávida, vou ser mãe, um filho… o que vai acontecer agora? Será que ele vai gostar da ideia? Acho que vai, mas e a nossa vida? Como vai ficar? Como vou contar que ele vai ser pai?