EM BUSCA DA CONSCIÊNCIA

A vida não é um fluxo retilíneo, onde sempre há a constância da energia vital no sentido de baixas e altas vibrações. Na realidade esse fluxo é caótico, mas porque depende da humanidade do ser vivo.

Às vezes nos sentimos desconexos de nós mesmos, como se vivêssemos mesmo sem um propósito, quando perdemos a nossa essência, quando nos deixamos perder de nós mesmos e após isso um sentimento de vazio e tristeza parece cobrir a gente e retirar de nós o brilho do olhar.

Talvez você não esteja olhando pra você do jeito que deveria olhar. Talvez você olha tanto para os outros que esquece de se voltar pra você. Quando na verdade esse é o ato mais cruel que pode fazer consigo mesmo: autodesprezo.

Quando desviamos o olhar de nós mesmos, perdemos tudo aquilo que nos faz sentir vivo. Perdemos nossos sonhos e planos. E cada vez mais um sentimento de vazio vai nos rodeando e começando a fazer a gente se sentir cada vez mais pequenininho e insuficiente.

E o que eu quero com tudo isso? De fato eu não sei o que vocês passam, mas eu espero que com minha escrita eu possa de alguma forma curar vocês. Então eu quero que com isso vocês consigam refletir sobre vocês mesmos, sobre o que de verdade vocês gostam e te tocam na essência.

Com a globalização à flor da pele como se apresenta hoje em dia, muitas informações são difundidas e ideais também, seja de beleza, conduta, vivência… E muitas vezes isso se cristaliza em nós mesmos. Por exemplo, o padrão corporal. Eu sei que isso enraiza nas pessoas, homens e mulheres, e o quanto isso machuca. Às vezes nos comparamos com tantas pessoas que consideramos “perfeitas” quando isso nos consome por dentro. Isso nos tira nosso brilho. Querer ser outra pessoa tira nossa essência. Nos desmerecer por considerar os outros superior adoece nossa alma. Enfim, quaisquer que seja o que você se compara ou que te faz algo destruir. Mas será mesmo que isso no fim da vida tem relevância? No fim das constas, tudo o que você carrega é somente sua história. Essa sim deveria ter grande peso na nossa vida. O que de fatos vamos deixar nesse plano.

Com carinho, Laks.

6 comentários em “EM BUSCA DA CONSCIÊNCIA

  1. Como sempre seus textos reais e profundos! Se a gente para pra pensar, muita coisa não vale a pena sentir, não vale viver se comparando com qualquer pessoa. Melhor escritora do mundo, te amo.

    Curtido por 2 pessoas

  2. Como sempre você muito profunda com seu texto. Sinceramente, mexe sempre comigo, sempre bom ler e perceber coisas que passam batido no cotidiano, principalmente o exemplo que você usou sobre padrão corporal. Ótimo texto e reflexão como de costume, te amo!

    Curtido por 3 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s