Acidente de Amor – Capítulo 2 – Série Os Freitas – Volume 2

Notas da Autora:

Olá meus queridos cidadãos do meu mundo de maquetes e sejam bem vindos visitantes, mais uma quarta feira e mais um capítulo no ar, a forma como eu escrevi a primeira, segunda e estou escrevendo a terceira, seja um pouco confusa para alguns, mas eu gostaria de mostrar os dois lados da história, então vamos lá. Uma boa leitura a todos.


Capítulo 2

Leticia

Sinto alguém me cutucar e dizer:

– Acorda bela adormecida, oooooohhhhhh????Acordaaaaa, tá na hora – Philip pula na cama e deita de costas em cima de mim tentando me acordar. Eu chuto ele de cima de mim e falo:

– Sai, me deixa dormir, hora de quê? Hoje é domingo – Ele sobe na cama e diz baixinho:

– Hoje é segunda-feira, e o Alex te deu aquele último aviso sobre atraso –Levanto num pulo e começo a correr pelo quarto à procura das minhas coisas quando ouso Philip rir de mim e eu olho para ele e digo:

– Que dia é hoje? – Ele está chorando de rir de mim e fala secando as lágrimas:

– Segunda-feira, mas são 6 horas ainda – Ele ri ainda mais eu o encaro e vou para cima dele e começo a bater nele, ele agarra minhas mãos e me vira de costas na cama, ele fica por cima de mim e me beija calmamente, ele pausa o beijo e eu sorrio e ele continua – Vamos, eu falei sério sobre você ir trabalhar, vai tomar um banho que eu termino de fazer o café.

– Mas eu só entro às 7:30 h – Falo fazendo biquinho, ele fala de longe:

– Vai logo Leticia, você sabe que você pode se atrasar – Vou até ele e falo perto do seu ouvido:

– Eu, me atrasar? Jamais, meu namorado é o melhor piloto de corrida da cidade – Dou um beijo nele e corro para o banheiro, tomo um banho cantando uma música qualquer, quando saio ele me espera na mesa com um café, me aproximo e me sento ao seu lado e falo:

– Você acha que se ganharmos a corrida de semana que vem vamos conseguir comprar a oficina do Edgar? Falta pouco para chegar no valor que ele nos pediu, e se ganharmos vamos conseguir comprar e ainda vamos conseguir trocar alguns equipamentos – Ele morde um pedaço do pão em sua mão e concorda com a cabeça e toma um gole de seu café.

Terminamos de comer e ele me levou para o trabalho, vejo um Jeep Renegade estacionado na frente do café, que estranho, nunca vi esse carro aqui, e esse bairro não é lá essas coisas, entro no café e dou de cara com Alex e sua cara de quem comeu e não gostou, ele começa a falar sério:

– Leticia, pelo menos, não chegou atrasada hoje, vi que seu namoradinho delinquente veio te trazer, quando ele matar alguém ou ele mesmo, com essas corridas quero ver, vá trabalhar agora – Fecho a cara e entro na cozinha, pego meu avental e pego os pedidos e começo a trabalhar, detesto quando ele fala que o Philip pode matar alguém isso é estúpido, ele é um ótimo corredor, Mack me chama e comenta com uma espátula na mão:

– Você viu o rapaz que chegou e está sentado ali tem uns vinte minutos e só pediu café? Vá lá e ofereça o prato do dia.

– Qual o prato do dia Mack? E por que eu tenho que ir? – Pergunto meio sem paciência, ele revira os olhos e continua:

– Porque a Helen está aborrecendo ele com perguntas idiotas, ela está se atirando para cima dele, vá lá e o salve. O prato do dia é waffle e chá gelado.

Vou andando calmamente até ele, observando, ele tem cabelos escuros e meio longos, uma barba rala e algumas tatuagens nos braços, cheguei mais perto e ele olha para mim fixamente e eu tenho um calafrio estranho, começo:

– Bom dia, o moço gostaria de provar nosso prato do dia?

– Bom dia, qual é o prato do dia?

– É waffle e chá gelado – Falo calmamente, ele faz uma cara pensativa e fala:

– Sim, claro, pode trazer – Ele volta a digita em seu notebook algo e eu me retiro, aviso a Mack do pedido e vou atender outros clientes, ele continua lá, quando o pedido ficou pronto, levei para sua mesa, ele levanta os olhos do notebook e sorri, e fala:

– Parece uma delícia, muito grato, senhorita.

Eu aceno com a cabeça e me retiro, após comer ele continua lá por mais um tempo, depois se retira, paga o pedido e me dá uma boa gorjeta, entra no Jeep e vai embora, então ele é o dono do Jeep. O resto da manhã foi calma e chata, mas ganhei boas gorjetas.

Continua…


Notas Finais:

Mais um capítulo no ar para vocês, até semana que vem e um ótimo fim de semana.

Aqui quem fala é a Porteira de Maquete beijos e arrivederci.