Acidente de Amor – Capítulo 5 – Série Os Freitas – Volume 2

Capítulo 5

Arthur

– Meu nome é Arthur. Eu que curso arquitetura e a senhorita que salva minha vida, a senhorita faz algum curso? – Pergunto calmo, ela hesita um pouco, parece pensar em algo e responde:

– Bom, não, minha vida foi um pouco turbulenta no meu último ano do colegial – Ela tem um certo rancor no tom da voz, então eu pergunto:

– Ah claro, e não pensa em fazer? – Novamente ela hesita e responde:

– Eu gostaria de fazer engenharia mecânica, mas nesse momento tenho outros planos – Eu ia continuar falando, mas nesse momento um homem a chama, parece ser o dono, ela então fala – Desculpe, com licença – E se retira.

Ela parece ter passado por muita coisa, mas bem, ela me ajudou e muito, eu estava quebrando a cabeça tentado colocar as câmeras de segurança em lugares estratégicos, passei a semana toda refazendo esse projeto e meu prazo final é hoje, agora mesmo, eu termino de revisar e envio via e-mail para Raphael, ele logo responde e diz que eu tenho outro projeto para a próxima semana. Um tempo depois eu vou embora, assim que chego em casa, vejo um bilhete da Emmy dizendo que não era para eu esquecer do aniversário de meu tio Henry, e que ela passaria o dia fora; pois bem, já que ela não está aqui, vou fazer uma bela faxina nesse apartamento; horas depois eu me joguei no sofá exausto, já passavam das 16 horas, sem perceber adormeci ali mesmo.  Acordo desorientado com meu celular tocando, levanto ainda sonolento e atendo o celular, minha irmã fala um tanto alterada:

– Arthur, você esqueceu de novo? – Eu fiquei em silencio, esqueci o que? Ela percebe que eu estava perdido e continuou – O aniversário do tio Henry, já estão quase todos aqui, mamãe perguntou por você tem meia hora – Depois disso eu me dei conta de que estava atrasado eu falo ainda sonolento:

– Vou tomar um banho e me arrumar, logo eu chego aí – Ela suspirou e desligou.

 Vou para o banheiro e tomo um banho, sem pressa, me arrumo e pego as chaves do carro, já passava das 19:00 horas; chego no estacionamento, entro no carro e começo a dirigir até a casa dos meus pais, não é muito longe. O celular toca, eu o pego e atendo, ouvindo já a voz da minha mãe, eu começo:

– Oi mãe – Falo calmamente.

– Filho, você está atrasado de novo…- Fala um pouco alterada

– Estou a caminho mãe, estou parado no semáforo.

– Arthur! Quantas vezes vou ter que dizer que não é para atender enquanto dirigi?

– Se eu não atendesse a senhora iria ficar brava, mais do que está agora – O sinal abre e avanço, mas vejo um carro vindo em alta velocidade em minha direção, tento desviar, mas o carro colide com o meu, bato com força a cabeça no vidro da janela e sinto uma dor horrível em meu braço, por causa da colisão do outro carro, tudo gira e ouso de longe minha mãe no telefone:

– Filho? O que aconteceu? – Depois disso ouvi uma ambulância ao longe, sirene e tudo se apaga.

3 comentários em “Acidente de Amor – Capítulo 5 – Série Os Freitas – Volume 2

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s