Acidente de Amor – Capítulo 22 – Série Os Freitas – Volume 2

Capítulo 22

Leticia

Depois que tomamos café fui para meu quarto mudar de roupa, enquanto ele falava ao telefone, depois que sai ele disse que iria para casa dele, chegamos junto com duas moças, uma tinha o cabelo curto e ondulado, alta e não muito magra, a outra, uma moça bem branquinha com cabelos colorido e lisos, alta também e com belas curvas, a moça com cabelos curtos se aproxima e fala:

– Nossa, você está horrível, Arth – Ela sorri para mim e fala- Prazer, meu nome é Emmy, essa é a minha namorada, Vanellope – Ela estica a mão afim de cumprimentar-me, eu retribuo o gesto e respondo:

– Meu nome é Leticia, muito prazer – Eu sorrio para a Vanellope, eu continuo falando – Bom, agora tenho que ir, está entregue – Me refiro a Arthur que sorri e fala:

– Obrigado pela sua ajuda, até – Eu aceno com a cabeça e dou tchau para as meninas, entro novamente no carro e vou para casa do Max devolver seu carro, depois de lá vou para o colégio cumprir mais um dia de trabalho comunitário.

Estaciono na frente do portão da casa do Max e buzino, ele sai na varanda vestindo um calção e uma regata e está com uma xícara na mão, eu desço do carro e vou até ele e falo:

– Bom dia, Grandão, vim devolver seu carro adorável, e agradecer muito pelo favor – Ele me dá um abraço e responde sorrindo:

– Tudo pela minha princesa, mas não foi nada, sei que ama a velocidade, assim como meu sobrinho amava – Eu pergunto ainda hesitante:

– Como está Helena? Ainda me culpando pela morte de Philip? – Ele se senta em uma cadeira de balanço e aponta para a outa a sua frente, eu me sento e ele fala:

– Ela ainda está mal, perder um filho é uma dor que não passa, mas culpar você pelos erros dele, não está certo, eu conhecia o sobrinho que eu tinha e de santo ele não tinha nada. Eu sei tudo que você fez para que ele mudasse, e ele mudou para muito melhor, só que nos últimos dias ele estava muito estranho – Nesse momento Kelly aparece e se senta conosco e eu respondo:

– Eu notei que ele estava muito estranho, evasivo e misterioso, não gostei e no dia da morte dele nós ainda discutimos, justamente por isso, ele estava falando com o Greg, e isso me preocupou muito – Ele faz uma careta e responde:

– Com o Greg, o que será que eles estavam conversando? – Eu respiro fundo e falo:

– Eu não sei, o celular dele ficou totalmente destruído depois do acidente, pelo menos o Greg não irá mais causar problemas – Ele concorda com a cabeça, ficamos conversando mais alguns minutos e depois eu fui de táxi até o colégio, passei o dia todo lá, trabalhando.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s