Livro Adolescência de Lua: Universo Malu e Bianca. (Cont. Part. 4)

Olá meus amores, primeiro quero pedir desculpas por não ter postado a continuação na terça – feira, eu estava em semana de prova, era muita coisa pra estudar, ainda esperar o resultado, fazer o que… Faz parte da vida, mas arranjei um tempinho para postar a continuação pra vocês, eu espero que gostem!

Pra quem ainda não leu as partes anteriores do livro e não conhece nada sobre o livro, vou deixar separado aqui em baixo.

Part. 1: Livro: Adolescência de Lua.

Part. 2: Livro: Adolescência de Lua – Descubra as Personagens do Livro.

Part. 3: Adolescência de Lua: Universo Malu e Bianca! (Cont. Part. 2)

Part. 4: Adolescência de Lua: Universo Malu e Bianca! (Cont. Part. 3)


Livro: Adolescência de Lua.

Universo Malu e Bianca.

Dessa vez ele tinha razão, eu não ia conseguir escapar, eu tive que entrar no carro, abri a porta correndo, entrei correndo, coloquei meus fones de ouvido.

_”Pode parando, guarda isso, eu tenho som no carro.”

_”O que você quer ouvir?”

_”Charles Brown Jr!”

_”Ótima escolha.”

Ele colocou a música, balançou a cabeça e começou a cantar.

Charlie Brown Jr – Só Os Loucos Sabem

“Agora eu sei exatamente o que fazer
Bom recomeçar, poder contar com você
Pois eu me lembro de tudo irmão
Eu estava lá também…”

Eu amo essa música!

_”Eu não acredito, que você colocou: Só os Loucos Sabem.”
Nos duas começamos a cantar junto com ele

“…Um homem quando está em paz
Não quer guerra com ninguém
Eu segurei minhas lágrimas
Pois não queria demonstrar a emoção
Já que estava ali só pra observar
Um homem quando está em paz

Não quer guerra com ninguém
Eu segurei minhas lágrimas
Pois não queria demonstrar a emoção
Já que estava ali só pra observar…”

Eu estava com saudades do Bernardo, fazia tempo que ele não buscava e muito menos levava a gente pra escola. Esse ano ele se mudou pra Paulista, está fazendo faculdade lá, ele faz curso de TI, não sei como ele tem saco pra isso. Eu sempre achei que ele fosse seguir algo relacionados a games, ele joga bem pra caralho, sempre fez alguns jogos próprio dele, mas nunca divulgou muito. Bianca e eu sempre fomos a únicas a jogar e saber disso, nem tia Priscila sabe, ele nos pediu segredo, gosta de ser reservado com essas coisas deles, nos respeitamos muito isso.
Ele sempre tomou conta de mim e da Bianca, mas depois que fomos crescendo, nos tornamos os melhores amigos do mundo, pelo menos era isso que eu queria deixar claro para a Bianca, que nós dois não passa de dois melhores amigos de infância.

_”Malu, escolhe uma música, vamos se ver nosso estilo ainda combina.”

Quando ele diz isso, tenho certeza, que ele está falando da música, que tocava na malhação, acho que no ano de 2008, nós três assistíamos juntos, não esqueço, já vimos essa novela umas mil vezes, principalmente eu e o Bernardo, a Bianca não costumava ver muito com a gente, ela sempre preferia ler seus livros sobre investigação criminal, ela adora.

_”Segura essa Bernardo.” – Disse olhando pra ele, dando risada e dei play na música.”

Nx Zero – Daqui Pra Frente

“Estou aqui pra dizer que eu jamais
Imaginei te ver sofrendo assim
Te ver chorar vai me fazer sofrer ainda mais
Estou aqui pra dizer que eu jamais
Quis te ver assim (quis te ver assim)…”

_”Não acredito, vocês dois com essa música de novo.”

Bernardo e eu olhamos pra ela e começamos a cantar mais alto.

Mas espero que daqui pra frente
Tudo se renove pra nós dois
Nossas vidas são tão diferentes
Viva agora tudo o que sonhou
Muita coisa ainda está por vir
Muita coisa ainda vai mudar
Eu espero que daqui pra frente

Estou aqui pra dizer seu coração
Que temos muito o que viver
Enganar o tempo não dá mais
Vai te mostrar exatamente pra onde ir

_”Finalmente chegamos, anda, levanta Malu, temos uma apresentação hoje.”

Eu dou risada junto com o Bernardo, eu sai do carro cantando e olhando pra ela. Bernardo e eu sempre irritamos ela com algumas música, não que ela não goste, mas ela se irrita porque sempre tocamos as mesmas música, na verdade não é sempre e nosso estilo musical sempre foi mais parecido, Bianca costuma ouvir umas músicas mais românticas, sertanejos, algumas músicas brasileiras e internacionais, mas nunca ligou muito pra Bandas, a não ser na época do Restart e do Cine, quem não foi contaminado com aquelas roupas coloridas que atire a primeira pedra, fora isso, a coisa mais incomum que nos duas temos, são o nosso amor por livros, sempre estamos lendo, dividindo livros, ela odeia quando eu pego os livros dela emprestado, eu costumo rabiscar todos os meus livros com caneta marca texto, ainda combino a cor da tinta da caneta com a cor do livro, sempre fiz isso desde criança, ela nunca entendeu essa mania, assim como eu não entendi algumas manias de limpeza dela, não que ela seja paranóica, mas ela gosta do quarto dela sempre bem arrumado. Cada louco com a sua mania.
Hoje o dia já começou bem,, Eu não sei porque, mas acho que o meu plano vai dar certo, pelo menos dessa vez, pra quem não sabe, eu sou a rainha dos planos, mas não são todos que dão certo, alguns acabada causando uma grande confusão!

_”Malu, está viajando? Anda, não quero chegar atrasada!”

Fiquei viajando mesmo, acabei de perceber que muita coisa mudou, como eu sinto falta do Bernardo, as coisa mudaram sem ele aqui, até alguns sentimentos são novos.
Eu começo a andar mais rápido pra alcançar a Bianca, nos vamos arrasar nessa apresentação!

Entramos na sala, a professora já estava escrevendo na lousa, deixou bem claro que todos deveriam apresentar, caso contrario ia receber pontos a menos.
Apresentação valia 2 pontos e a redação valia mais 2 pontos. Então, esse 4 pontos era essencial, para ajudar a fechar a média do ano, com certeza todos iriam apresentar, todo mundo estava na correria, pra recuperar matéria, recuperar nota, tudo pra não ficar mais 15 dias de recuperação.

_”Temos que falar com a professora, será que ela vai concorda com a nossa apresentação em dupla?”

_”Bianca, vai dar tudo certo, me espera aqui, vou conversar com ela.”

Eu estava nervosa, mas não podia mostrar pra Bianca, ela estava mais insegura que eu, nunca tinha visto ela tão nervosa, ela sempre é mais calma que eu, sempre me protege, talvez ela não queira compartilhar muito sobre a vida dela, digamos que esse colégio as vezes é um pouco complicado, costuma espalhar algumas coisas por ai, mas nada muito sério, mas é melhor evitar!

“_Prof, eu queria lhe pedir um favorzinho!” – Olhei pra ela com uma carinha de cachorrinho sem dono.

_”O que gostaria Srta. Hernandez?”

Eu odeio quando falam o meu sobrenome, ela tem essa mania chata de chamar os alunos pelo sobrenome.

_”Então, Bianca e eu, fomos mais criativas e gostaríamos de fazer apresentação juntas! Só um detalhe: Eu não aceito não como resposta.”

Ela fica me olhando com aquela cara de pensativa, entorta a boca e me olha.

_”Vocês podem apresentar juntas, mas eu vou ter que ser justa!”

_”Como assim justa?”

_”Bom, eu vou ter que conversar com a sala, pra vê se concordam com isso. Afinal, todo mundo vai apresentar hoje.”

Ela ficou me olhando, esperando uma resposta, olhei pra Bianca, que estava roendo as unhas, isso fez ela perceber o quanto a Bianca estava nervosa.

_”Concordo, você tem que ser justa, pode conversar com eles e deixar apresentação pra semana que vem, só que em dupla e vai acabar mais rápido as apresentações.”

Ela concordou com a cabeça e disse que ia fazer uma votação.

Eu sentei no meu lugar, ela começou a escrever na lousa. Bianca ficou me olhando, esperando eu dizer alguma coisa, mas só olhei pra ela e dei um sorrisinho, mal sabe ela que essa apresentação não vai rolar hoje, ela tem que me agradecer por salvar a pele dela.

_”Bom dia, eu quero saber quem está nervoso com a apresentação?”

Bianca é a primeira a levantar a mão, o resto começa a levantar aos poucos, até a querida Pâmela e seu grupinho de amigas darem risada e fazer um comentário inútil.

_”Olha, meu pai costuma dizer, medo de falar em público é coisa de gente fraca.”

A professora olha pra ela com uma cara de reprovação e ignora o comentário.

_”Estão vendo, não são os únicos que estão nervosos. Ficar ansioso, com medo de fazer uma apresentação é super normal.”

_”Continuo achando quê é coisa de gente fraca!”

A professora virou os seus olhos, respirou fundo e voltou a falar.

_”Eu não quero que se sintam assim na minha aula, não quero que façam algo obrigados, isso não é nada legal! Então, vou algumas opções pra vocês e cada um decide o que querem.
Primeira opção: Todos podem ler a redação aqui na frente sozinho ou em dupla.
Segunda opção: Podem ficar sem apresentar e só entregar a redação, mas vai valer menos pontos, que vai ser 2 pontos.
Essa opção, tem uma regra básica. Cada um tem que escolher uma das opções a que acharem melhor pra vocês, só não podem deixar de escolher um das duas.

A sala ficou em silêncio, ela nunca tinha feito esse tipo de coisa na escola. Sempre foi a professora mais rígida do colégio a única diferença é que ela é legal.

Bianca ficou me olhando e acenando o número 2 com o dedo, eu dei risada, ela tem que me agradecer por ter escapado dessa apresentação.
Eu me levantei da minha cadeira,, olhei pra professora e disse:

_”Bianca e eu preferimos entregar a redação.”

_”Olha só, típico de gente medrosa.”

_”Olha você não começa irritar a Malu, que eu pulo em você!”

_”Meninas, não comecem! Ótimo, Malu e Bianca já decidiu, agora você dona Pâmela Albuquerque, qual vai escolher?”

Eu revirei o olho pra ela e sentei no meu lugar.
Ela começou a falar sem parar, explicando que só ia entregar a redação, porque estava com preguiça pra apresentar e que sua voz não estava muito boa hoje.
Eu não suporto essa menina, ela sempre acha que é melhor que todo mundo, conviver com ela desde da 5° série não é nada fácil. Ela sempre implicou comigo e com a Bianca, principalmente com a minha pessoa aqui, parece que ela não vive se não atormentar um pouquinho, fazer o que, eu não me importo, pelo menos eu salvei a Bianca dessa apresentação.

_”Eu não aguetava mais essa aula, porque teve gente que que apresentar? Malu, não sei qual foi o milagre, mas eu plano funcionou dessa vez, finalmente, você não foi parar na diretoria.

_”Verdade, dessa vez eu vou ter que concordar. Agora vamos na lanchonete, aposto quer você quer comer alguma coisa?”

_”Quero muito, vamos logo, todo mundo já deve ter ido pra quadra.”


Meus amores, eu espero muito que tenham gostado da continuação.

Semana que vêm eu espero trazer algo diferente do livro pra vocês, cruzem os dedos pra dar certo.

Beijão da Mila! ❤️

Adolescência de Lua: Universo Malu e Bianca. (Cont. Part. 3)

Olá, primeiro me desculpa pela demora pra postar a continuação do livro, tive uma semana corrida e cheia de provas e não queria postar sem ao menos tirar um tempo pra me dedicar a vocês!
Dessa vez eu juntei as duas continuações em um post só, assim fica mais facil.
Quem ainda não leu as outras duas partes é só clicar no titulo que está linkado pra vocês.
Link 1: Livro: Adolescência de Lua! Descubra às personagens do livro!

Link 2: Adolescência de Lua: Universo Malu e Bianca!

Eu espero que gostem da continuação!

Adolescência de Lua: Universo Malu e Bianca. (Cont.)

Durante o passeio no Shopping…

_”Eu não acredito que você fez eu levar esse vestido.”

_”Eu sei, sou muito influenciável.”

_”É mesmo, por isso meu irmão tem uma queda por você.”

_”Cala boca, nada haver, somos apenas bons amigos.”

_”Malu, todo fim de semana que ele pode vir, ele sempre tenta vir, ele vem te ver, te traz presentinhos, te traz DVDs de presente, ingresso de cinema… Já perdi a conta de quantos presentes foram esse ano.”

_”Ele é só um ótimo amigo, sou a melhor amiga dele e ele meu melhor amigo. Ele me prometeu isso quando foi inventar de ir pra aquela faculdade e ainda alugar um apartamento longe daqui.”

_”Está vendo, você também gosta dele! Ele nem faz faculdade longe, é na Paulista, nós moramos no Morumbi! Estamos próximos e você está reclamando que estão longes um do outro!”

_”Não coloca palavras na minha boca! Eu não disse nada disso!”

_”Por falar em Bernardo, olha quem está vindo atrás de você, Bernardo e os amigos dele.”

_”Não acredito, meu cabelo tá feio?”

_”Te peguei, você gosta dele, assume que gosta dele!”

_”Eu não gosto dele, você está errada!”

_”Malu assume agora ou eu vou chamar o Bernardo aqui e falar que você gosta dele!”

_”Você não vai fazer nada! Fica quieta ai na sua!”

_”Parece que o jogo virou, não é mesmo?”

_”Bianca, mas é diferente, eu vejo seu irmão nos finais de semana, aquele menino raramente a gente vai encontrar!”

_”Eu não quero saber, temos um trato se você apronta comigo ou eu com você, sempre temos que dar o troco, se tivermos oportunidade! Está na nossa regra de amigas.”

_”Precisamos mudar essas regras, ta cada dia mais difícil de enrolar você!”

_”Malu, não vem mudar de assunto, você vai assumir que gosta do Bernardo?”

_”Eu já disse, não assumo esse b.o.”

_”Olha o Bernardo vindo! Bernardo senta aqui. Vem aqui Bernardo! Olha Malu, ele acenou, agora ele está vindo pra cá, última chance pra você admitir que gosta dele!”

_”Bianca, minha querida, não vai ser dessa vez! Olha eu levantando, pegando as minhas coisas e saindo correndo pra pegar o táxi.”

_”Você para agora!”

_”Calma, não precisa me atropelar!”

_”Aí “gzuscristinho, me desculpa Bernardo, eu não queria atropelar você, mas agora eu preciso ir, me desculpa!”

_”Malu, não precisa ir!”

_”Eu preciso ir sim!”

_”Bernardo, você podia ter segurado ela!”

_”Bianca o que você fez? Ela estava nervosa!”

_”Ela deve ter fugido de você, como sempre!”

_”Mas porque ela fugiria de mim, somos melhores amigos!”

_”Ah não, ninguém merece, paga a minha conta aí, vou ir atrás dela.”

_”Mas eu nem comi isso!”

Eu saí correndo atrás da Malu, mas eu não cheguei a tempo, ela me viu e entrou no táxi e me deixou parada na frente do shopping, toda suja de suco de laranja, aquele menino tinha que derruba suco em mim. Ele podia ser um gatinho, mas não precisava derrubar suco em mim. Eu vou entrar no táxi toda suja.


Domingo….

_”Bianca, fica calma, respira, você só vai ler uma redação é muito simples.”

_”Malu, você sabe como é, eu sempre fico nervosa!”

_”Bianca, você só vai ler isso amanhã, deixa pra ficar nervosa amanhã ou se acontecer algo.”

_”Com você pode está calma, você também é ansiosa, muito mais que eu, sempre sou eu que te ajuda a se acalmar.”

_”Ah, eu não sei, eu gosto de falar de mim. Eu sou uma pessoa muito interessante.” – Eu menti, eu estava super apavorada, mas não queira deixar ela mais apavorada, ela sempre me ajuda quando eu fico ansiosa, com medo, eu acho que dessa vez, eu tenho que segurar meu nervosismo e ajudar ela.

_”Bianca, fica calma, eu tive uma idéia!”

_”Qual a idéia?”

_”Nos vamos apresentar juntas!”

_”Até parece que a professora vai deixar.”

_”Ela vai ter que deixar ou eu faço minha mãe ir na escola, até porque nossas mães são ex-alunas, a diretoria evita que nossas mães vai lá, por causa da influência delas.”

_”Nossa Malu, como você está má hoje!”

_”Digamos, que eu não esteja com a minha melhor personalidade hoje. Eu vou fazer outra redação e uma complementa a outra na redação, como sempre fizemos com nossas histórias.”

_”Eu topo! Você é a minha metade!”

_”Eu sei, você também é a minha!”

_”Quer começar falando o que?”

_”O que você acha, da gente fazer uma retrospectiva da nossa amizade juntas? Contando um pouquinho do que cada uma gosta, está entendendo o que eu quero dizer?”

_”Lógico, você é a minha metade, já sei o que vamos colocar.”


Segunda – Feira – Apresentação da Redação.

No outro dia…

_”Bom dia! Malu, acorda agora, está na hora!”

_”Só mais um pouquinho Bia…”

_”Malu, chega de dormir, tá na hora, você tem que se arrumar, você nem separou a sua roupa pra ir pra escola, tem que tomar banho também, levanta.”

_”Bia, você sabe que eu odeio tomar banho de manhã, porque eu fico com muito frio e volto pra cama e durmo!”

_”Eu sei, mas agora você já está acordada, levanta!”

_”BIANCAAAA!!!! EU VOU TE MATAR!”

_”Só se você me pegar e pra isso você vai ter que levantar.” -Ainda bem que eu já estava na porta do banheiro, ela teve que levantar pra me bater e eu fechei a porta.

_”Bianca, eu vou te matar, juro que te mato quando você sair daí, até porque temos apresentação pra fazer, uma hora você vai ter que sair.”

_”Malu, eu que vou te matar, estou ansiosa de novo.”

_”Relaxa, isso já vai passar. Eu vou me trocar, abre a porta, quero escovar os dentes e ir comer.”

_”Ué, desistiu?”

_”Eu estou com preguiça Bianca, acabei de acordar, depois eu vou me vingar de você, já me troquei, vou escovar meus dentes.”

_”Percebi, vai lá bafo de onça.”

_”Desce pra falar pra Maria do meu chocolate quente, antes que ela coloque aqueles achocolatado que eu odeio, ela faz de propósito.”

_”Claro, você nunca coloca seu copo na mesa.”

_”Lá em casa eu nunca tive esse costume, você sabe muito bem.”

_”Já estou descendo, termina logo aí.”

_”Não esquece do meu leite quente com o achocolatado certo.”

Eu acho bom eu fazer isso, pra não escuta Maria falar, que a Malu é muito fresca.

_”Bom dia!”

_”Bom dia, conseguiu acordar a Malu?”

_”Nossa! Mãe ela deu um trabalhão!”

_”Eu imaginei, Malu lembra eu, na época da escola!’

_”Acredita, que a Tia Nicole, fala isso toda vez, que você e Malu é idênticas na preguiça e de querer tudo na mão.”

_”Ela fala isso, mas agora a Malu é igual a mim e você puxou a Nicole, toda certinha, tímida, arruma cama, acho que os papéis inverteram.”

_”Hahaha! Eu concordo!”

_”Estão rindo do que?”

_”Bom dia Malu, estamos rindo de como os papéis inverteram dessa vez, eu reclamava tanto das manias da sua mãe, que a Bianca é igualzinha a sua mãe!”

_”Eu super concordo, ainda bem que eu sou parecida com você!”

_”Ainda bem que eu pareço com a Tia Nicole.”

_”Eu já comi, agora vamos Bianca, antes que a gente se atrase.”

_”Beijos mãe, até mais tarde.”

_”Beijinhos tia! Bianca pega logo o que você quer levar pra comer e vamos logo!”

_”Calma, eu estou ansiosa, vou precisar de comida pra relaxar!”

_”Bianca vai logo, tenta contolar, deixa pra comer na escola!”

_”Aí senhor! Deixa eu te ajudar. Tia, ela ta ansiosa, por favor não começa a deixar ela mais ansiosa, se ela quer levar os docinhos deixa ela levar! Agora vem Bianca!

_”Malu eu te amo, obrigada, não queria ouvir ela falar no meu ouvido.”

_”Respirar fundo.”

_”Bom dia pra vocês duas, estão indo pra escola?”

_”Estamos! Bernardo você não deveria está na faculdade?”

_”Fica quieta, vou levar vocês pra escola, acho que agora a Malu não sai correndo, não é?”


O que será que elas vão aprontar nessa apresentação?
Malu vai sair correndo do Bernardo de novo? Eu acho que dessa vez, ela não escapa!

Essa foi a continuação de hoje, eu espero de coração que tenham gostado!

Um beijão da Mila!

Outro beijão da Jujuba!

Livro: Adolescência de Lua! Descubra às personagens do livro!

_”Classe, estamos juntos, desde de a 5ªsérie. Então, resolvi elaborar um trabalho diferente, quero que faça uma redação, falando sobre vocês, do que gostam, quais seus sonhos, o que quiserem, mas vocês tem, ate amanhã pra entregar e ler aqui na frente da sala, todos vão ler! Estão liberados, até amanhã com a redação!”

“_Malu, fala sério, não acredito, que ela pediu isso, como eu vou falar de mim mesma?”
_”Bia, é super fácil é só você falar que vive no mundo da lua, sonha conversando com seu Príncipe Encantado e como você queria poder comer e não engordar.”
_”Eu já sei o que você vai falar. Do seu amor oculto pelo meu irmão e de como a sua mãe é chata, de como ela te irrita e blá, blá, blá!”
_”Bianca, vamos embora pra minha casa, eu te ajudo a fazer a redação!”
_”Não pode falar do Bernardo, que já fica brava.”
_”Nada haver, mas só não vai fazer piadinhas dentro do carro.”
_” Isso vai sair caro, é só me da coxinha!”
_ “Combinado e fica quieta!”
_”Sim, pode deixar Dona Maria Luiza!”
_”Biaaaancaa, não me chama assim! Você sabe que eu odeio!”
_”Desculpa, é amor!”


Redação da Bianca

Oi, eu sou a Bianca, não faço ideia de como começar isso aqui, mas vamos lá.
Eu tenho 16 anos, estou no segundo ano do ensino médio, tenho uma melhor, que considero como irmã, ela se chama Malu, eu tenho um irmão mais velho, que entrou na faculdade esse ano, minha mãe trabalha com moda e meu pai mora no Canadá, eu tenho um cachorro chamando pipoca, a tenho a Maria, ela trabalha na minha casa, ela praticamente me criou, ela é como se fosse uma avó para mim.

_”Malu, já deu, eu não sei mais o que escrever.”
_”Me passa pra cá, deixa eu ver isso!”
_” Ah Bianca, fala sério né? Você sabe fazer redações mil vezes melhor que isso, para de preguiça”
_”Eu paro assim que a gente comer e dormir.”
_” Você é um panda Bianca, não é possível!
_”Não revira esse olho pra mim, pandas são fofos e bonitinhos, mas já é você é um bicho preguiça, só sabe dormir, olha a bagunça desse quarto menina, você não arruma nem sua cama!”
_”Bia, você vai começar? Porque, se for vou te dar uma surra de cócegas!”
_”Nem vem!”
_”Calma, pra que esse desespero, é só mais um desafio da Professora Cláudia, ela sempre fez esse tipo de redação com a gente!”
_”Mas, dessa vez é diferente, eu não consigo me descrever, tem certas coisas sobre nós, que nós mesmo gostaríamos de saber”
_”Bianca, falar de si mesmo, é a melhor forma de se conhecer, é falar da sua essência e ponto final, só você sabe tudo sobre você mesma, você só não consegui enxergar agora, é questão de tempo!”
_”Nossa, ta toda poeta agora, que gracinha!”
“Ai Bianca, é sério?! Olha, faz a sua redação ai, que vou fazer a minha, esqueceu que é pra amanhã?”
“_Malu, vou te matar, me deixou nervosa de novo!”
_”Da próxima vez, não faz piadinha, quando eu falar sério com você!”
_”Malu, vai ter troco, você me paga!”


_”Está pronta pra ler a minha redação?”
_”Não acredito, me da isso aqui, que eu vou ler!”
_”Você não vai saber me interpretar!”
_”Cala boca, imitar você é muito fácil, agora me passo isso pra cá!”
Peguei a folha da mão dela com tudo! E comecei a Ler!
_Bianca! Lê em voz alta! Tem outras pessoas, que querem saber né!”
_”Malu, para de graça!”

Redação da Malu

Oi, eu sou a Malu, tenho 16 aninhos.
Nós corredores da escola, costumam dizer que sou maluca, a que fala sozinha, a que acredita em unicórnios, fadas, a que se distrai com qualquer coisa. Fazer o que, não é nenhuma mentira, eu vivo viajando por aí.
Eu tenho uma irmã de 10 anos, ela se chama Fernanda, é uma gracinha, a sortuda nasceu com os olhos claros do meu pai e com os cabelos um poucos loiros.
Já eu, puxei os olhos castanhos da minha, os cabelos longos e castanhos da minha mãe e a incrível personalidade da minha Tia Margô.
Já falei várias vezes dela, ela mora em Florianópolis – SC, ela tem um Estúdio de Talentos, se chama Teen Word Art, lá tem todo tipo de talento, meu sonho é estudar lá, pena que é longe e meus pais não apoiam muito, acho que eles ficam com ciúmes, porque eu admiro mais a profissão da minha tia, do a deles.
O estúdio, também é uma escola, junto com ela tem um estúdio de artes, foi a melhor ideia que a minha tia teve, ela teve essa ideia, quando eu era criançae, ela estava na faculdade de Artes Cênicas. Muitos já viram ela em novelas na televisão, dirigindo filmes, escrevendo roteiros, brasileiros e estrangeiros, além de estudar tudo relacionado a Arte, ela fez faculdade de Arquitetura, que também é um tipo de arte, tudo para deixar meu avô contente, ela me inspira muito!
Meu sonho é fazer a mesma coisa, eu amo escrever, eu amo dançar, eu amo música, eu amo atuar, eu amo cantar, é algo que estou praticando, não puxei o dom da família, minha mãe canta, tem uma voz incrível e a minha tia também, as duas estudaram juntas na escola e hoje minha mãe é casada com o irmão dela, que no caso é meu pai, ele se chama Marcelo, ele é o melhor pai do mundo, sempre me levou, pra assistir todos os filmes de cartaz, dançou comigo na minha festa de 15 anos, na minha formatura.
Mas ultimamente, ele anda meio ausente, porque meu avô, morreu ano passado, e minha mãe e ele teve que assumir a empresa da família, só a minha tia Margô que escapou, ela nunca quis fazer parte da empresa. Desde então, meus pais são um time, eles trabalham juntos na mesma empresa, meu pai é Engenheiro e Arquiteto, minha mãe é Arquiteta e Decoradora. Ele se amam tanto, ele respeita muito a minha mãe, sempre dá flores pra ela, uma melação que dá nojo, mas acho lindo, meu pai é meu herói!
Não posso esquecer, tenho uma melhor amiga a Bianca, somos grudadas desde de criança, passamos todas as férias juntas, viajamos sempre, não vivo sem ela, temos até dois cachorros enormes que são inseparáveis a minha cachorra é uma Labradora, se chama Pink, porque eu amo rosa e o da Bianca se chama Pipoca. Além dela ser minha melhor amiga, o irmão dela, o Bernardo, ele já estudou aqui no nosso colégio, mas ele terminou ano passado, ele é meu melhor amigo, duas sexta feira no mês, boa dois sempre fazíamos maratonas de filme e séries ou jogamos video game, ele joga pra caramba, nunca ganhava dele, a não ser em jogo de luta, eu ganhava mais vezes, ele sempre falava, que eu ganhava na sorte, só porque eu saia apertando todos os botões dos controles, ele me conhece muito, me chama de “Maluquinha”.
É uma pena que agora, não nos vemos muito, ele está na faculdade agora, estudando TI e morando perto da faculdade, é mais facil pra ele, estudar trabalhat, eu conto os dias, pra chegar o feriado, às férias, para que a gente se encontre e passe horas conversando.
Esse é um resumo de quem sou eu, essa são as pessoas que eu amo, as coisas que eu gosto de fazer e as coisas que eu sinto falta.
Ou seja, vamos encerrar por aqui, se deixar eu falo demais e a minha vida dá pra escrever um livro, já pensou? Um livro, sobre mim, seria incrível, agora fui!

_”Malu, sua redação ta incrível, com tu consegue fazer isso tão rápido!”
_”Fala sério, você escreve muito e sabe disso!”
_”Mas falar sobre mim? Para a sala de aula inteira?”
_”Não precisa contar tudo, mas o que for importante pra você!”
_”Vamos comer? Penso melhor comendo!”
_”Você só pensar em comer e para de preguiça e faz isso hoje!”