Sou Rosa.

Te trago flores
Mas não vão durar
Te trago flores
Não sei se é assim que vou ficar
Te trago flores
Eu não tô legal
Te trago flores
São do jardim do meu quintal
Te trago flores
Pra não amolecer
E te fazer entender
Te trago flores
Cheias de espinhos
Pra te mostrar
Que nem tudo meu é brilho
Te trago flores
Uma tipo réplica da minha vida
Meio despedaçada, também tá na guerrilha
Te trago flores
Entenda por favor
O vermelho, dela a cor
Representa meu amor
Te trago flores
Não me faça desenhar
O tanto que meus espinhos cortam, é o tanto que eu quero amar

Até a próxima escrita!
-TRACA.

Hoje eu não vim “poemar”.

Hoje não vim poemar, ou romantizar. Hoje eu não vim chorar. Hoje eu vim pedir pra você se olhar. Lá no espelho e se apaixonar. Hoje eu não falo de mim, nem dele ou dela. Hoje eu falo com você, que não se ama.
Eu falo com você que adora elogiar os outros, mas se nega esse prazer. Eu vim falar com você que preza amor e carinho e não se devolve um olhar, um momento pra você. Eu vim falar com você que cuida tanto de todo mundo, mas quando vai sair, olha para os lados e quer fugir, porque tem medo demais, não das pessoas, mas de como você tá para com elas. Eu vim falar da pessoa mais corajosa desse mundo, que abraça ele todo sempre que pode, mas nunca levantou a mão pra acariciar a mesma. Hoje eu vim falar com a guerreira, que se acha tão insuficiente, mas nunca parou pra pensar que só de levantar, você já ganhou o dia, eu sei. Eu vim falar pra você que você tá certa no que está pensando. Que não é fácil. Eu vim falar, meu bem, que você já lutou demais por quem tá do seu lado, tá na hora de você olhar pra dentro. Chega de segurar mágoa, chega de doer a alma, chega de brigar contigo, chega desse desamor… Que faz contigo! Chega de te rebaixar, tanta gente já vai tentar isso e eu digo com certeza: você será mais forte. Sempre. Olha pra trás, pensa comigo, quantas vezes você se sacaneou? Em quantas festas não foi? Quem não beijou? Quantas vezes deixou de confiar? Ou mesmo de conversar? POR QUE SE MACHUCAR?
Eu sei, é difícil, mas se você conseguiu e ainda consegue superar a si mesma, sua maior inimiga, meu bem, você conquista o mundo todo rapidinho.
Você merece mais.
Então seja mais.

Até a próxima escrita!

-TRACA.