“O Pincel e a Faca”

Em desenhos eu vou pintar
Luzes
Tons de cinza
Vermelho do meu sangue
Rosa, meu coração
Despedaçado
Vai ficar
Com toda essa melação
De poesia
Não senhor
De dor e lamentação
Escamas, sempre perdidas
Em meio às multidão
Socorro
Vou pedir
Mas Ariel
Eu não sou
Sereias
Não existem
Deslocada, eu sou
Perdida
Vou ficar
Socorro
Não terei
Medo
Tentarei
A morte
Me renderei?

Apaixonada por arte e entusiasta da comunicação, eu sou a Traca.

Imagens tem direitos autorais: @Byanka G Nunes

Até a próxima escrita!

TRACA.